Filme História de um Casamento (Marriage Story)


Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura

O filme História de um Casamento (Marriage Story), de Noah Baumbach, estreou mundialmente no dia 29 de agosto de 2019 na plataforma streaming Netflix.

O drama estrelado por Scarlett Johansson e Adam Driver conta a história do divórcio de um casal com um filho de oito anos. O longa metragem traz o ponto de vista de cada um dos personagens e todas as implicações que a separação implica.

(atenção, esse artigo contém spoilers)

Sinopse

O princípio do fim

O filme se inicia com a tarefa de um terapeuta matrimonial: marido e mulher - em breve ex-marido e ex-mulher - tem que listar aquilo que admiram um no outro. Essa é a maneira encontrada pelo terapeuta de começar o processo de divórcio com uma nota positiva.

Tanto Charlie quanto Nicole cumprem a tarefa e o que vemos na tela são as qualidades um do outro serem reconhecidas pelo parceiro.

Os protagonistas da história

Aos poucos vamos conhecendo a vida de cada um dos dois. Ele é um diretor de teatro de Nova Iorque, ela é uma atriz de Hollywood que abandonou a promissora carreira no cinema e na televisão para atuar nas peças alternativas daquele que viria a ser o seu marido.

Charlie é um obstinado. Ele sabe onde quer viver (Nova Iorque) e o que quer fazer (dirigir uma companhia de teatro) - enquanto Nicole parece abdicar de uma série de coisas que deseja para cumprir o papel de esposa e mãe.

O início e o final do casamento

Nicole e Charlie se casam no estado natal dela e vão viver em Nova Iorque, onde tem um filho único, Henry. Depois de anos de convívio e desgaste da vida a dois, Nicole decide pedir o divórcio.

O filme História de um Casamento (Marriage Story) nos narra esse longo e desgastante processo de separação com todos os empecílhos que acontecem no meio do caminho.

Vemos no longa o ponto de vista dele e dela e o esforço que cada um faz para preservar o filho.

história de um casamento

Crítica

Um olhar generoso e imparcial sobre o divórcio

História de um Casamento (Marriage Story) trata da dificuldade de se encerrar um casamento tanto do ponto de vista emocional como burocrático. Assistimos o desgaste do divórcio e os efeitos práticos que a separação gera nos dois: a perda de dinheiro, de autoestima, de tempo com o filho.

O roteiro não apresenta uma visão parcial nem simplista (não há na narrativa de Noah espaço para o certo e o errado).

Os personagens não são nada estereotipados: não há um vilão ou um mocinho, nenhum dos dois é propriamente culpado pelo divórcio e cada um deles apresenta as suas falhas tendo uma parcela de culpa pelo fim da relação.

Um filme universal

O casamento é olhado por um retrovisor e ficamos nos perguntando: afinal quando começa o fim de um casamento?

Por se tratar de uma história muito real e com personagens bastante verossímeis trata-se de um longa metragem com o qual podemos facilmente nos relacionar. Aliás, provavelmente já assistimos essa história com um amigo, com um familiar ou nós mesmos já a vivemos.

marriage story

Apesar de falar de um contexto bastante específico - o meio artístico de classe média alta nos Estados Unidos - História de um Casamento trabalha com um tema frequente e é um filme profundamente universal.

As dicotomias de uma separação

O processo de divórcio desperta o melhor (a tentativa de proteger o filho, o ex parceiro) e o pior (momentos especialmente em evidência quando a disputa vai parar na mão dos advogados).

Vemos como durante a separação os personagens passam por instantes repletos de negação, momentos de imaturidade que desembocam em atitudes infantis de ambos os lados.

Há também breves períodos marcados pela frustração e pelas acusações mútuas, com direito a gritaria e descontrole.

Por outro lado, durante o processo de divórcio também surgem momentos marcados pelo afeto (especialmente evidente quando Nicole corta o cabelo de Charlie e quando amarra o seu cadarço).

Como a relação com um início marcado por tanto amor chegou ao fim?

O filme faz com que o espectador se pergunte: como Nicole e Charlie acabaram por se distanciar tanto? Como o tempo e a rotina devoraram o amor?

O amor no caso do casal é interrompido especialmente porque Nicole anseia por liberdade (ela quer saber quem é, procura ser mais independente, deseja caminhar sozinha nos seus próprios projetos profissionais).

Ao longo dos anos, por exemplo, Nicole deixa claro que quer experimentar ser diretora, algo que o seu então marido - o diretor da companhia - nunca permitiu que acontecesse.

Ao passo que ele viveu a vida que sempre quis (optou por viver na cidade onde gostaria de morar, seguiu a carreira que escolheu), Nicole sentiu que fez tudo por Charlie e que ele nunca fez grandes esforços por ela. Charlie se negou, por exemplo, a viver um ano com ela em Los Angeles.

Outro elemento que abala e decreta o fim da relação é o fato de Nicole suspeitar (e depois confirmar) que Charlie foi infiel em uma ocasião. Ela se dá conta que o marido pulou a cerca com uma contra-regra, a infidelidade a magoa e se transforma em muita raiva contida que vem à tona durante o processo da separação.

O papel da mulher na sociedade e no casamento

História de um Casamento discute especialmente através da sua protagonista o papel da mulher na sociedade. Vemos no filme como Nicole - assim como tantas outras mulheres - se anula diante do marido. Ela acaba por deixar os seus desejos e vontades para segundo ou terceiro planos.

O papel de mãe e esposa a oprime de tal forma que afinal Nicole confessa para a advogada que nem sabe o seu gosto pessoal.

É Nora, a advogada, que sublinha a cobrança da sociedade para sermos mães dedicadas:

"A ideia de um bom pai só foi inventada uns 30 anos atrás. A base da nossa crença cristã-judaica-lei-lá-o-que é Maria, a mãe de Jesus, é a virgem que dá à luz. E Deus está no céu. Deus é o pai e Deus nem apareceu."

O amanhã do relacionamento

Fica claro ao longo do filme como o amor do relacionamento experienciado por Nicole e Charlie se transforma em outro tipo de afeto.

O início a relação foi marcado por uma paixão fulminante - é a própria Nicole que assume ter se apaixonado dois minutos depois de conhecer Charlie). Com o passar do tempo as frustrações foram se acumulando levando a um desgaste sentido principalmente pela esposa.

Durante o processo de divórcio, no entanto, o casal tenta ao máximo preservar o filho (especialmente Nicole tenta compensá-lo com presentes). E, apesar dos conflitos que tem com Charlie ao longo da separação, após a poeira baixar, há uma preocupação mútua com o bem estar do ex-parceiro.

Esse cuidado pode ser lido em uma das cenas finais quando Nicole amarra o cadarço desamarrado de Charlie. Essa é uma maneira simbólica dela cuidar para que ele não tenha problemas no caminho, até porque ele segura o filho do casal. A cena, carrega de significado, demonstra a delicadeza que permanecem sentindo com o outro.

Seria História de um Casamento um filme autobiográfico?

Entre os espectadores paira a dúvida se o diretor e roteirista Noah Baumbach teria se inspirado no divórcio com a atriz Jennifer Jason Leigh anos atrás para compor o seu filme.

Noah nega a associação e diz que usa no longa-metragem apenas alguns detalhes autobiográficos:

"Não conseguiria escrever uma história autobiográfica se tentasse. Este filme não é autobiográfico, é pessoal e há uma real distinção nisto."

Além de beber da experiência pessoal, para preparar o filme Noah conversou com uma série de amigos que passaram por situações semelhantes.

O diretor também contou com material composto por entrevistas feitas com psicólogos, mediadores e advogados que assistem diariamente situações de divórcio.

Noah afirma igualmente que bebeu muito nas experiência pessoais vividas pelos atores principais da trama, Scarlett e Adam.

Elenco

  • Scarlett Johansson (personagem Nicole Barber)
  • Adam Driver (personagem Charlie Barber)
  • Azhy Robertson (personagem Henry Barber)
  • Laura Dern (personagem Nora Fanshaw)
  • Alan Alda (personagem Bert Spitz)
  • Jay Marotta (personagem Ray Liotta)
  • Julie Hagerty (personagem Sandra)

Trilha sonora (Soundtrack)

A trilha sonora do filme de Noah Baumbach é assinada por Randy Newman, que já concorreu dezoito vezes ao Oscar tendo recebido a estatueta em duas ocasiões.

O compositor e arranjador é autor de clássicos como a trilha sonora de Toy Story.

Ficha técnica

Título original Marriage Story
Lançamento 29 de agosto de 2019
Diretor Noah Baumbach
Roteirista Noah Baumbach
Gênero Drama
Duração 2h17m
Atores principais Scarlett Johansson, Adam Driver, Azhy Robertson, Laura Dern e Alan Alda
Prêmios

Seis nomeações para o Globo de Ouro (melhor atriz em filme dramático, melhor ator em filme dramático, melhor atriz coadjuvante, melhor filme dramático, melhor trilha sonora original e melhor roteiro)

Quatro prêmios Gotham (melhor filme, melhor ator, melhor diretor e melhor roteirista)

Conheça também

Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).