Os 19 melhores filmes para ver em 2022


Revisão por Laura Aidar
Escrito por Carolina Marcello

O cinema, nos melhores e piores momentos, é um modo de viajarmos sem sair do lugar e descobrirmos outras histórias e realidades possíveis.

Assim, fizemos uma vasta seleção dos melhores filmes, de vários gêneros, que todo mundo deveria assistir em 2022.

1. Ataque dos cães (2021)

Cena do filme Ataque dos Cães

Ataque dos cães é uma produção lançada no final de 2021 que conta com a direção da neozelandesa Jane Campion e pode ser vista na Netflix.

Baseado no livro The Power of the dog, de Thomas Savage, o filme é estrelado por Benedict Cumberbatch no papel de Phil Burbank, um caubói irascível.

Trate-se de um faroeste que se passa nos anos 20 no interior dos EUA.

Os irmãos Phil e George conhecem Rose e seu filho Peter em um restaurante da região. Enquanto Phil a destrata, George se aproxima da moça, casando-se com ela.

Assim, se estabelece uma relação bastante conflituosa entre Phil, Rose e Peter, que trará à tona velhos e misteriosos problemas.

2. A filha perdida (2021)

Cena do filme A filha perdida

A filha perdida é a adaptação da obra literária La figlia Oscura, da escritora italiana Elena Ferrante e está disponível na Netflix.

Grande sucesso de público e de crítica, esse é o primeiro longa-metragem dirigido pela atriz Maggie Gyllenhaal e traz a britânica Olivia Colman no papel principal.

A trama percorre as lembranças de Leda, uma professora universitária de 48 anos que decide tirar uns dias de férias no litoral da Grécia.

A viagem se torna um mergulho em sua própria história quando ela conhece Nina e sua filha pequena.

As duas acabam despertando sentimentos conflitantes em torno de sua vida, tocando em traumas latentes a respeito da maternidade.

3. Matrix: Resurrections (2021)

Cena do filme Matrix 4

Sucesso do cinema nos anos 2000, Matrix se tornou um ícone cult. A saga conta sobre Neo (Keanu Reaves), um homem atormentado que descobre estar vivendo em uma realidade paralela.

Assim, ao escolher tomar uma pílula vermelha, ele tem acesso ao “mundo real”, cruel e distópico.

Depois de 3 produções aclamadas, a diretora Lana Wachowski resolveu dar continuidade à franquia, lançando Matrix: Resurrections, chamado de Matrix 4.

Ainda estrelada por Reaves, a trama exibe Neo em uma nova aventura, onde mais uma vez terá que lutar contra forças perigosas para salvar a humanidade da Matrix.

A produção pode ser vista na HBO Max a partir de 26 de janeiro.

4. Não olhe para cima (2021)

Cena do filme Não olhe para cima

Uma grande produção da Netflix é Não olhe para cima, filme de Adam McKay que traz no elenco Leonardo Dicaprio, Jennifer Lawrence e Meryl Streep.

Abordando temas contemporâneos em tom de ironia, a história conta sobre Randall Mindy e Kate Dibiasky, dois jovens cientistas. Eles descobrem que um enorme meteoro está em vias de se chocar com a Terra e destruir a vida humana. Em desespero, alertam as pessoas, mas não são levados a sério.

Negacionismo, oportunismo e ganância são evidentes no longa, fazendo uma triste relação com nossa realidade. Disponível na Netflix.

5. Duna (2021)

Cena do filme Duna

Essa é uma produção assinada pelo canadense Denis Villeneuve. Tem como inspiração a obra literária de ficção científica de Frank Herbert e se passa num futuro imaginário.

Duna é o nome de um planeta desértico, único lugar onde há uma substância valiosa capaz de conferir poderes incríveis aos humanos.

Assim, acompanhamos a perigosa viagem do jovem Paul Atreides ao local em busca de salvar seu povo. Pode ser assistido naHBO Max.

6. A mão de Deus (2021)

Cena do filme A mão de Deus

Do renomado cineasta italiano Paolo Sorrentino, A mão de Deus está disponível na Netflix e exibe traços autobiográficos ao contar a história de um adolescente vivendo em Nápoles nos anos 80.

O nome do filme é uma referência ao ícone do futebol Diego Maradona, que surge na trama como um ídolo e responsável por mudar os rumos do jovem Fabietto Schisa.

Trazendo muitos elementos irreverentes, o filme é também uma homenagem ao cinema italiano, citando inclusive o renomado cineasta Frederico Fellini ao longo da trama.

7. Amor, sublime amor (2021)

Cena de filme Amor sublime amor

Esse é o primeiro filme em estilo musical feito por Steven Spielberg. Adaptado da Broadway, a trama se passa nos anos 50. Mostra a rivalidade entre brancos norte-americanos e descendentes latinos em disputa pelo comando do bairro.

Para apimentar mais a história, surge Maria, uma moça comprometida com o integrante de uma das gangs, mas que se apaixona pelo rival do noivo.

8. Homem aranha: sem volta para casa (2021)

cena de filme Homem-aranha sem volta para casa

A saga de homem aranha, alter-ego de Peter Park, continua nesse filme lançado em dezembro de 2021.

Com direção de Jon Watts e atuação de Tom Holland, a produção traz uma narrativa empolgante onde o herói precisa lidar com a revelação de sua identidade ao mesmo tempo em que enfrenta vários vilões de universos distintos.

9. Deserto Particular (2021)

filme Deserto Particular

Lançado em novembro de 2021, o longa brasileiro Deserto Particular foi dirigido por Aly Muritiba e despertou o interesse da crítica, sendo bem elogiado.

Narra a história de Daniel (Antonio Saboia), um policial que após cometer um grave erro no trabalho, decide partir em busca de uma mulher que conheceu pela internet.

Assim, se inicia um novo capítulo em sua vida, ondeprecisará lidar com suas emoções de maneira mais equilibrada.

10. O esquadrão suicida (2021)

cena de Esquadrão Suicida

Nesse filme de ação e fantasia baseado em uma HQ da DC Comics, a história do Esquadrão Suicida continua a saga iniciada no longa de 2016, mas pode ser vista separadamente.

Aqui, o grupo de vilões composto por Arlequina, Sanguinário, Pacificador e Coronel Rick Flag é enviados para a ilha Corto Maltese a fim de enfrentar poderosos adversários. Eles terão que tomar muito cuidado, pois cada movimento pode colocar tudo a perder.

11. First Cow (2021)

First Cow

A narrativa cinematográfica de drama e faroeste é passada no século XIX e foi dirigida por Kelly Reichard. Cookie é um cozinheiro que atravessa o país com um grupo de comerciantes de peles. O seu caminho se cruza com o de King-Lu, um imigrante chinês que está fugindo da polícia.

É aí que os dois iniciam uma grande amizade e parceria, passando a lutar juntos pela sobrevivência. Cookie sonha com uma carreira como doceiro e a oportunidade surge quando descobrem que um homem rico da vizinhança comprou uma vaca, animal que não existia na região, da qual poderiam roubar o leite.

O filme foi lançado nos cinemas norte-americanos em março de 2020 e nas plataformas de Video on Demand quatro meses depois, chegando no Brasil em 2021.

12. Sound of Metal (O Som do Silêncio) (2020)

Sound of Metal  O drama dirigido por Darius Marder chegou aos cinemas norte-americanos em novembro de 2020 e no mês seguinte foi disponibilizado na Amazon Prime Video.   O enredo é centrado em Ruben, um baterista de heavy metal que começa a perder a audição. A partir daí. ele precisa se afastar da carreira e encontra apoio junto de vários membros da comunidade surda.   Também intitulado de “O Som do Silêncio”, trata-se de um filme que coloca o espectador no lugar do outro e exercita a sua empatia, desafiando os seus sentidos.

O drama dirigido por Darius Marder chegou aos cinemas norte-americanos em novembro de 2020 e no mês seguinte foi disponibilizado na Amazon Prime Video.

O enredo é centrado em Ruben, um baterista de heavy metal que começa a perder a audição. A partir daí. ele precisa se afastar da carreira e encontra apoio junto de vários membros da comunidade surda.

Também intitulado de “O Som do Silêncio”, trata-se de um filme que coloca o espectador no lugar do outro e exercita a sua empatia, enquanto desafia os seus sentidos.

13. As Mortes de Dick Johnson (2020)

As Mortes de Dick Johnson

O documentário foi dirigido pela norte-americana Kirsten Johnson e lançado em janeiro de 2020, ficando disponível em outubro do mesmo ano na plataforma Netflix.

Depois de descobrir que seu pai tem Alzheimer, a diretora resolveu registrar a fase final da vida do antigo psiquiatra. Durante seus últimos anos o protagonista pôde conversar com a filha sobre diversos temas e até encenar suas possíveis mortes.

14. Palm Springs (2020)

Palm Springs

Lançado no cinema e na plataforma de streaming Hulu em julho de 2020, o filme dirigido por Max Barbakow mistura as comédias românticas com as narrativas de ficção científica.

O protagonista, Nyles, é um homem que leva uma vida tranquila e sem preocupações, até viajar com a namorada para Palm Springs, onde vai acontecer um casamento. Por lá, ele conhece Sarah, a madrinha da cerimônia, e os ficam presos numa realidade paralela.

A obra que bateu recordes de visualizações na plataforma digital já é considera uma daquelas que ninguém pode perder.

15. Destacamento Blood (2020)

Destacamento Blood

O longa-metragem mais recente do célebre diretor norte-americano Spike Lee é um drama de guerra, filmado na região sudeste da Ásia. Paul, Otis, Eddie e Melvin são um grupo de soldados que serviram na Guerra do Vietnã e, com o comandante, Norman, formavam um esquadrão chamado Bloods.

Décadas mais tarde, os veteranos decidem voltar ao local, com o intuito de recuperar o corpo de Norman e também de desenterrar um tesouro que tinham escondido ali. Além de provocar reflexões sobre o conflito militar, Destacamento Blood espelha questões sociopolíticas da atualidade, como o preconceito racial nos Estados Unidos.

O filme foi disponibilizado na Netflix em junho de 2020 e fez sucesso com o público e a crítica, sendo até apontado como uma obra essencial de Lee.

16. Never Rarely Sometimes Always (2020)

Never Rarely Sometimes Always

O filme de drama britânico e norte-americano foi escrito e dirigido por Eliza Hittman. A história segue os passos de Autumn e Skylar, duas adolescentes que vivem em um meio rural na Pennsylvania e são melhores amigas.

Quando uma delas engravida, aos dezassete anos, a dupla começa a perceber a realidade opressiva e conservadora do local onde mora. Assim, as garotas resolvem partir juntas para Nova Iorque.

Never Rarely Sometimes Always foi lançado em março de 2020 nos Estados Unidos da América, ficando disponível na plataforma Video on Demand no mês seguinte.

17. Tigertail (2020)

Tigertail

Tigertail é um drama escrito e dirigido por Alan Yang, com produção e distribuição da Netflix. A narrativa começa em Taiwan, durante a infância de Pin-Jui, o protagonista.

Depois da morte dos pais, o menino vai viver com os avós em uma região rural, onde trava amizade com Yuan, uma garota que nasceu numa família de posses. Com os anos, os dois se apaixonam, mas as convenções sociais separam o casal.

Mais tarde, o homem se muda para a América, mas continua sonhando com o seu primeiro amor. O filme emocionante foi lançado em abril de 2020 e se encontra disponível na plataforma digital.

18. O Caminho de Volta (2020)

O Caminho de Volta

O drama dirigido por Gavin O’Connor é a história de retenção de Jack Cunningham, um antigo jogador de basquete que desistiu de uma carreira promissora e se entregou ao vício do álcool.

Depois de várias derrotas consecutivas e de um infarte do antigo treinador, Jack é convidado para treinar o time de basquete da escola onde havia jogado anos antes.

Enquanto inspira aqueles jovens, o homem encontra neles a força necessária para mudar a sua vida. O filme foi lançado em março de 2020 nos Estados Unidos.

19. Emma (2020)

Emma.

A comédia dramática inglesa da diretora Autumn de Wilde é baseada na obra homônima de Jane Austen (1815), sendo uma das adaptações cinematográficas do livro.

A protagonista é uma jovem privilegiada e inteligente que se recusa a casar porque não quer deixar o pai sozinho. Assim, ela ocupa o seu tempo com a vida amorosa daqueles que a rodeiam, tentado agir como cupido e criando várias confusões.

O filme foi lançado em fevereiro de 2020, no Reino Unido, e tem conquistado o público internacional.

Aproveite para conhecer também:

Laura Aidar
Revisão por Laura Aidar
Arte-educadora, artista visual e fotógrafa. Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.
Carolina Marcello
Escrito por Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes e licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.