Os 22 melhores filmes de 2020


Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes

O cinema, nos melhores e piores momentos, é um modo de viajarmos sem sair do lugar e descobrirmos outras histórias e realidades possíveis.

Apesar dos contratempos e atrasos de diversos lançamentos, o ano de 2020 nos deixou uma vasta seleção de filmes, dos vários gêneros, que todo mundo deveria assistir.

1. O Que Ficou Para Trás

O Que Ficou Para Trás

Com direção de Remi Weekes, o longa de terror e suspense foi lançado no começo do ano, no Festival de Cinema de Sundance, ficando disponível para streaming na Netflix em outubro.

A história acompanha Bol e Rial, um casal que precisa fugir do Sudão do Sul durante a guerra que está devastando o país. Depois de uma dura viagem de barco, eles conseguem se refugiar numa cidade inglesa.

Aí, começam a construir uma vida nova, mas encontram muitos obstáculos no processo de adaptação e descobrem que existe um mal assombrando aquela região. O filme ganhou a aprovação do público, com críticas esmagadoramente positivas nos sites da especialidade.

2. A Vastidão da Noite

A Vastidão da Noite

O longa-metragem de suspense e ficção cientifica foi dirigido por Andrew Patterson e lançado em maio de 2020, nos cinemas norte-americanos, sendo disponibilizado alguns dias mais tarde na Amazon Prime Video.

A história acontece na década de 50, durante a Guerra Fria, quando dois adolescentes se tornam cada vez mais fascinados com a rádio. Durante as suas experiências, eles descobrem uma frequência misteriosa, possivelmente relacionada com a vida extraterrestre.

O primeiro filme do diretor, com sua abordagem simples e criativa, chamou a atenção do público, agradando também os críticos.

3. Sound of Metal (O Som do Silêncio)

Sound of Metal  O drama dirigido por Darius Marder chegou aos cinemas norte-americanos em novembro de 2020 e no mês seguinte foi disponibilizado na Amazon Prime Video.   O enredo é centrado em Ruben, um baterista de heavy metal que começa a perder a audição. A partir daí. ele precisa se afastar da carreira e encontra apoio junto de vários membros da comunidade surda.   Também intitulado de “O Som do Silêncio”, trata-se de um filme que coloca o espectador no lugar do outro e exercita a sua empatia, desafiando os seus sentidos.

O drama dirigido por Darius Marder chegou aos cinemas norte-americanos em novembro de 2020 e no mês seguinte foi disponibilizado na Amazon Prime Video.

O enredo é centrado em Ruben, um baterista de heavy metal que começa a perder a audição. A partir daí. ele precisa se afastar da carreira e encontra apoio junto de vários membros da comunidade surda.

Também intitulado de “O Som do Silêncio”, trata-se de um filme que coloca o espectador no lugar do outro e exercita a sua empatia, enquanto desafia os seus sentidos.

4. As Mortes de Dick Johnson

As Mortes de Dick Johnson

O documentário foi dirigido pela norte-americana Kirsten Johnson e lançado em janeiro de 2020, ficando disponível em outubro do mesmo ano na plataforma Netflix.

Depois de descobrir que seu pai tem Alzheimer, a diretora resolveu registrar a fase final da vida do antigo psiquiatra. Durante seus últimos anos o protagonista pôde conversar com a filha sobre diversos temas e até encenar suas possíveis mortes.

O público tem se rendido ao longa-metragem pela temática emocionante e o humor sombrio que atravessa toda a narrativa.

5. Lovers Rock

Lovers Rock

O filme de romance histórico dirigido por Steve McQueen foi lançado em novembro de 2020, ficando disponível na Amazon Prime Video alguns dias mais tarde.

O enredo é passado nos anos 80, durante as festas de reggae romântico (o “Lovers Rock”) onde a comunidade negra britânica se encontrava. Num desses eventos, um jovem casal se conhece e apaixona, vivendo num tempo de tensões raciais e discriminação.

Misturando amor, música e pautas sociais, o longa-metragem tem sido apontado como uma obra imperdível.

6. Tenet

Tenet

Tenet, o título mais recente de Christopher Nolan, é um filme de ação e ficção científica que foi lançado em agosto de 2020, conquistando a crítica e os fãs do gênero.

O protagonista da narrativa é um agente da CIA que é recrutado por uma organização secreta. É aí que o espião recebe uma missão extremamente perigosa: viajar no tempo para evitar um novo conflito mundial.

7. Soul

Soul

O filme de animação mais badalado da temporada foi uma co-produção da Disney e da Pixar que ficou disponível, em dezembro de 2020, na plataforma de streaming Disney+.

Joe Gardner é um professor de música que sonha com uma carreira no jazz e está prestes a alcançá-la. No entanto, quando sofre um acidente, sua alma se separa do corpo e vai parar no mundo dos espíritos.

Lá, ele conhece 22, a alma de uma criança que nunca conheceu o lado bonito da experiência humana. Apaixonante para espectadores de todas as idades, o longa-metragem já se tornou uma obra essencial.

Confira a explicação detalhada do filme Soul.

8. Palm Springs

Palm Springs

Lançado no cinema e na plataforma de streaming Hulu em julho de 2020, o filme dirigido por Max Barbakow mistura as comédias românticas com as narrativas de ficção científica.

O protagonista, Nyles, é um homem que leva uma vida tranquila e sem preocupações, até viajar com a namorada para Palm Springs, onde vai acontecer um casamento. Por lá, ele conhece Sarah, a madrinha da cerimônia, e os ficam presos numa realidade paralela.

A obra que bateu recordes de visualizações na plataforma digital já é considera uma daquelas que ninguém pode perder.

9. O Homem Invisível

O Homem Invisível

O filme norte-americano de terror e ficção científica, dirigido por Leigh Whannell, foi baseado no romance homônimo de H. G. Wells (1897). O longa-metragem faz uma adaptação contemporânea da história, que aqui é protagonizada por Cecília, uma mulher em fuga.

A protagonista consegue elaborar um plano para abandonar o namorado, um cientista com comportamentos agressivos e manipuladores. Mesmo quando se liberta e descobre que o antigo companheiro faleceu, a mulher continua sentindo que é perseguida por ele.

A metáfora poderosa sobre relacionamentos abusivos (e suas consequências) foi lançada em fevereiro de 2020, nos Estados Unidos da América. No mês seguinte, perante um cenário de pandemia mundial, o filme passou a estar disponível em algumas plataformas de streaming digital.

10. Destacamento Blood

Destacamento Blood

O longa-metragem mais recente do célebre diretor norte-americano Spike Lee é um drama de guerra, filmado na região sudeste da Ásia. Paul, Otis, Eddie e Melvin são um grupo de soldados que serviram na Guerra do Vietnã e, com o comandante, Norman, formavam um esquadrão chamado Bloods.

Décadas mais tarde, os veteranos decidem voltar ao local, com o intuito de recuperar o corpo de Norman e também de desenterrar um tesouro que tinham escondido ali. Além de provocar reflexões sobre o conflito militar, Destacamento Blood espelha questões sociopolíticas da atualidade, como o preconceito racial nos Estados Unidos.

O filme foi disponibilizado na Netflix em junho de 2020 e fez sucesso com o público e a crítica, sendo até apontado como uma obra essencial de Lee.

11. Never Rarely Sometimes Always

Never Rarely Sometimes Always

O filme de drama britânico e norte-americano foi escrito e dirigido por Eliza Hittman. A história segue os passos de Autumn e Skylar, duas adolescentes que vivem em um meio rural na Pennsylvania e são melhores amigas.

Quando uma delas engravida, aos dezassete anos, a dupla começa a perceber a realidade opressiva e conservadora do local onde mora. Assim, as garotas resolvem partir juntas para Nova Iorque.

Never Rarely Sometimes Always foi lançado em março de 2020 nos Estados Unidos da América, ficando disponível na plataforma Video on Demand no mês seguinte.

12. First Cow

First Cow

A narrativa cinematográfica de drama e faroeste é passada no século XIX e foi dirigida por Kelly Reichard. Cookie é um cozinheiro que atravessa o país com um grupo de comerciantes de peles. O seu caminho se cruza com o de King-Lu, um imigrante chinês que está fugindo da polícia.

É aí que os dois iniciam uma grande amizade e parceria, passando a lutar juntos pela sobrevivência. Cookie sonha com uma carreira como doceiro e a oportunidade surge quando descobrem que um homem rico da vizinhança comprou uma vaca, animal que não existia na região, da qual poderiam roubar o leite.

O filme foi lançado nos cinemas norte-americanos em março de 2020 e nas plataformas de Video on Demand quatro meses depois.

13. Tigertail

Tigertail

Tigertail é um drama escrito e dirigido por Alan Yang, com produção e distribuição da Netflix. A narrativa começa em Taiwan, durante a infância de Pin-Jui, o protagonista.

Depois da morte dos pais, o menino vai viver com os avós em uma região rural, onde trava amizade com Yuan, uma garota que nasceu numa família de posses. Com os anos, os dois se apaixonam, mas as convenções sociais separam o casal.

Mais tarde, o homem se muda para a América, mas continua sonhando com o seu primeiro amor. O filme emocionante foi lançado em abril de 2020 e se encontra disponível na plataforma digital.

14. A Assistente

A Assistente

Com direção, roteiro e produção da australiana Kitty Green, A Assistente é um filme de drama inspirado nas denúncias que surgiram com o movimento internacional #MeToo.

A história retrata um dia na vida de Jane, uma jovem produtora que começou a trabalhar para um homem muito poderoso do meio cinematográfico.

Enquanto ela vai percebendo a cultura de assédio que existe na empresa, e em todo aquele mundo, também tem que encarar a sua impotência face a um sistema de impunidade machista. O filme foi lançado em janeiro de 2020 e recebeu críticas bastantes positivas.

15. O Poço

O Poço

O longa espanhol de terror e ficção científica foi dirigido por Galder Gaztelu-Urrutia e conquistou a atenção internacional quando foi incluído no catálogo da Netflix.

Goreng, o protagonista, é mandado para uma prisão vertical chamada “O Poço”, onde os prisioneiros de cada andar apenas podem comer os restos deixados pelos que estão acima. Num clima de extrema violência, no qual cada um luta para sobreviver mais um dia, ele procura uma forma de escapar.

Um filme pesado, que chocou muitos espectadores, O Poço também é um comentário incisivo sobre a sociedade capitalista e as desigualdades sociais extremas que ela perpetua.

Confira também a análise e explicação do filme O Poço.

16. Entre Realidades

Entre Realidades

Com o título original Horse Girl, o drama psicológico foi dirigido pelo norte-americano Jeff Baena. A protagonista da narrativa é Sarah, uma mulher solitária e tímida que perdeu a mãe no ano anterior e visita o seu antigo cavalo durante as horas livres.

Quando a sua vida começa a ser invadida por acontecimentos bizarros, aqueles que a rodeiam começam a questionar a sua saúde mental. Sarah, no entanto, tem as suas teorias: ela acredita que foi abduzida ou mesmo que é um clone.

O longa-metragem foi lançado em fevereiro de 2020, na Netflix, e tem recebido boas avaliações do público.

17. Shirley

Shirley

O drama biográfico dirigido por Josephine Decker conta a história de Shirley Jackson, uma renomada autora norte-americana de obras de terror e mistério.

A narrativa começa quando um jovem casal vai viver com Shirley e o marido, que era professor universitário. Presos nas suas tentativas de manipulação e jogos mentais, os dois se tornam a inspiração para a obra-prima da escritora, A Maldição de Hill House (1959).

O filme sobre a figura sombria que inspirou grandes nomes da literatura como Stephen King foi lançado em junho de 2020, nos Estados Unidos.

18. Má Educação

Má Educação

Má Educação é uma comédia dramática norte-americana dirigida por Cory Finley que foi baseada num escândalo real de corrupção no sistema de escolas públicas.

A história é contada a partir da adaptação de um artigo publicado pelo jornalista Robert Kolker na famosa revista New York, que expunha os crimes cometidos por Frank Tassone. O superintendente do distrito escolar de Roslyn era uma figura importante para a comunidade, sendo encarado como o responsável pelo sucesso acadêmico da região.

No entanto, quando uma aprendiz de jornalista, Rachel Bhargava, começa a investigar os orçamentos escolares, descobre uma série de roubos e ilegalidades. O longa-metragem foi lançado em abril de 2020 pela HBO Films.

19. O Caminho de Volta

O Caminho de Volta

O drama dirigido por Gavin O’Connor é a história de retenção de Jack Cunningham, um antigo jogador de basquete que desistiu de uma carreira promissora e se entregou ao vício do álcool.

Depois de várias derrotas consecutivas e de um infarte do antigo treinador, Jack é convidado para treinar o time de basquete da escola onde havia jogado anos antes.

Enquanto inspira aqueles jovens, o homem encontra neles a força necessária para mudar a sua vida. O filme foi lançado em março de 2020 nos Estados Unidos.

20. Emma.

Emma.

A comédia dramática inglesa da diretora Autumn de Wilde é baseada na obra homônima de Jane Austen (1815), sendo uma das adaptações cinematográficas do livro.

A protagonista é uma jovem privilegiada e inteligente que se recusa a casar porque não quer deixar o pai sozinho. Assim, ela ocupa o seu tempo com a vida amorosa daqueles que a rodeiam, tentado agir como cupido e criando várias confusões.

O filme foi lançado em fevereiro de 2020, no Reino Unido, e tem conquistado o público internacional.

21. Por Lugares Incríveis

Por Lugares Incríveis

Com o título original All the Bright Places, o filme de drama e romance dirigido por Brett Haley foi baseado na obra homônima de Jennifer Niven, uma escritora norte-americana de livros para jovens adultos.

Violet e Theodore são dois adolescentes que estão enfrentando fases difíceis e traumáticas. Os seus caminhos se encontram quando são colocados em dupla para fazer um trabalho escolar sobre os lugares mais bonitos do Indiana.

Com o tempo, eles acabam mudando a vida um do outro e descobrindo juntos as inúmeras belezas que existem ao seu redor. O filme inspirador e cheio de esperança foi lançado na Netflix, em fevereiro de 2020.

22. A Casa

A Casa

O filme espanhol de suspense, dos irmãos David e Àlex Pastor, foi lançado em março de 2020 e ganhou espectadores do mundo inteiro. A narrativa conta a história de Javier Muñoz, um homem de meia idade que perdeu o emprego e foi forçado a vender a casa onde morava.

Obcecado com o local, que representa um símbolo da vida de luxo que perdeu, o protagonista começa a perseguir o novo dono do imóvel. A princípio, as interações com o proprietário parecem inofensivas, mas as suas ações vão se tornando mais violentas com o tempo.

Confira a análise completa do filme A Casa.

Aproveite para conhecer também:

Atualizado em
Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes e licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.