Melhores séries para assistir na Netflix em 2020


Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura

É daqueles que não perde uma boa série? Fica perdido com a quantidade de ofertas disponíveis no serviço de streaming? Então essa lista foi feita pensando em você!

Selecionamos aqui as melhores séries da Netflix separadas por gênero: são comédias, dramas, produções de ação e conteúdos históricos.

Melhores séries de comédia

1. Eu, Tu e Ela (no original You Me Her)

You me her

Um casal que se ama parece entediado com o casamento que dura quase uma década. Assim são apresentados os personagens de You Me Her.

Emma e Jack Trakarsky vivem no subúrbio, têm uma bela casa, uma vida estável (ela é arquiteta e ele conselheiro escolar), um casamento feliz. Não falta amor, no entanto, o casamento caiu no marasmo.

Tentando reacender a chama, Jack contrata uma acompanhante. Izzy é uma jovem estudante de psicologia de 25 anos que acaba se apaixonando pelo casal - e eles por ela. Os três começam a viver uma inusitada história romântica "poliamorosa" que passamos a acompanhar.

2. Atypical (no original Atypical)

Já imaginou o que se passa dentro da cabeça de um menino autista? É essa a premissa da série que tem como protagonista o menino Sam, um adolescente de 18 anos que se vê em apuros ao ter que lidar com o mundo real.

A comédia dramática traz episódios que para o adolescente "normal" seriam banais, mas que são processadas por Sam, um rapaz fora da caixa, de modo muito inusitado.

Engraçada, criativa, original - e por vezes dramática - Atypical nos convida a olhar para o mundo de outra maneira.

3. Amigos de faculdade (no original Friends from college)

Leve, divertido e bem-humorado: assim poderia ser definida a série norte-americana Friends from college.

Ethan, Lisa, Sam, Nick, Max e Marianne são amigos dos tempos da faculdade - todos estudaram em Harvard - que não perderam o contato com o passar dos anos.

Agora, com todo o grupo na faixa dos quarenta, protagonizam cenas de amor, ciúme, amizade e traição - tudo isso regado à muita nostalgia.

4. Sex Education (no original Sex Education)

O protagonista da série Sex Education é Otis, um adolescente com pais pouco convencionais - o pai do rapaz é escritor e a mãe é sexóloga.

De tanto ouvir os conselhos da mãe terapeuta, Otis aprende a lidar com uma série de dramas íntimos e acaba por ajudar os seus colegas de classe que têm problemas sexuais semelhantes aos dos pacientes da mãe, que mantém um consultório em casa.

A série inglesa, repleta de humor, narra as aventuras do rapaz que está entrando na vida adulta - numa confusão de hormônios e afetos.

Melhores séries dramáticas

5. OITNW (no original Orange is the new black)

A série norte-americana se passa em um presídio feminino Litchfield de segurança máxima e tem como protagonista a consultora-executiva Piper Chapman, um nova iorquina que é condenada a 15 meses de prisão por ter se envolvido com o tráfico de drogas.

Apesar da história central girar em torno de Piper, a série acaba por retratar a vida de diversas outras mulheres que acabaram encarceradas. Ficamos conhecendo os bastidores da prisão e o cotidiano pesado que as detentas tem que enfrentar.

Embora se trate de um drama, os episódios tem rasgos de comédia. A série OITNW levanta uma série de problemas sociais como a imigração ilegal, o preconceito e a questão do tráfico de drogas.

6. Shtisel (no original Shtisel)

A série israelense narra os bastidores dos Shtisel, uma família haredi - religiosa - que vive em Geula um bairro ultra-ortodoxo de Jerusalém.

Assistimos ao longo da série o cotidiano da família e os problemas que vão enfrentando com o passar do tempo dada as imposições religiosas.

Acompanhamos a tragédia pessoal de Shulem, o patriarca, e também dos seus filhos e netos.

A série nos apresenta um universo completamente diferente daqueles que estamos habituados a ver e nos introduz a um mundo internamente novo. Se você é um curioso por novas culturas, Shtisel é uma série a não perder!

7. Black mirror (no original Black mirror)

A premiada série inglesa Black mirror arrebatou seis Emmys e conseguiu a façanha de ser aclamada tanto pela crítica quanto pelo público.

A série, de ficção científica, conta com episódios independentes que narram como inovações tecnológicas mudam o cotidiano das pessoas numa realidade futurista.

Todos os episódios têm um elenco diferente e contam uma história autônoma dando diferentes perspectivas sobre um futuro que não parece ser assim tão distante.

8. House of cards (no original House of cards)

A série norte-americana House of cards narra os bastidores do poder apresentando para o público um drama político bastante realista.

A ambição, as traições, a promiscuidade, as vinganças e as questões éticas são o tempo todo levantadas pela série, que sublinha principalmente o problema da corrupção nos Estados Unidos.

Os interessantes personagens, movidos quase que unicamente pelo desejo de poder, fazem com que os espectadores se questionem sobre as reais motivações dos políticos.

9. Nada ortodoxa (no original Unorthodox)

A série Unorthodox, produzida pela Netflix, tem como protagonista Esther (também chamada de Esty), uma menina criada numa comunidade ultraortodoxa em Nova Ioque.

Apesar de ter sido educada para seguir os preceitos religiosos e se tornar esposa e mãe, Esty não se identifica com aquele universo e aproveita uma oportunidade para fugir. É em Berlim que ela se refugia e procura criar para si uma nova história.

A série da Netflix foi baseada na autobiografia de Deborah Feldman - um best-seller norte-americano - e tem apenas quatro episódios.

Melhores séries de ação

10. Casa de papel (no original La casa de papel)

A primeira série espanhola dessa lista nos conta a história de um roubo acontecido na Casa Nacional da Moeda da Espanha.

Ao todo, oito ladrões (regidos pelo mandante do crime, o "Professor", que está do lado de fora), fazem uma série de reféns ao invadirem o edifício público.

A ideia do crime é imprimir notas, com a ajuda dos reféns, e sair da Casa da Moeda sem machucar ninguém. No entanto, com o clima de tensão entre os assaltantes e o atrito gerado com os reféns, o plano começa a não dar tão certo conforme era esperado.

Casa de papel tem sido um fenômeno de audiência mundial e já vai na quarta temporada.

11. Narcos (no original Narcos)

Sabe quem foi Pablo Escobar? O mais poderoso traficante de drogas colombiano é o protagonista dessa série produzida pela Netflix.

Chefe do cartel, a personalidade de Escobar oscila entre um bandido frio, violento, calculista e um sujeito que se preocupa com a comunidade, tentando sempre tomar medidas para o bem comum.

Na série vemos como o cartel de Medellín foi capaz de escoar a cocaína da América do Sul para os Estados Unidos e para a Europa. Assistimos na telinha também as sucessivas fugas de Escobar, que vivia sendo perseguido pela polícia.

Narcos já conta com 3 temporadas.

12. Homeland (no original Homeland)

A série norte-americana baseada na série israelense Hatufim traz como protagonista Carrie Mathison, uma funcionária do serviço secreto norte-americano que é diagnosticada com transtorno bipolar.

Carrie é incansável na luta contra o terrorismo e coloca a sua própria vida em risco para descobrir e desmantelar futuros atentados.

Assistimos nos episódios os seus dramas pessoais e a dificuldade de se impor num universo masculino e onde muitos não lhe dão a devida credibilidade.

13. Fauda (no original Fauda)

A série israelense de aventura traz um agente secreto infiltrado, já aposentado, do exército de Israel, que retorna ao campo de batalhas para capturar um terrorista palestino que julgava ter executado, mas que afinal estava vivo.

A série fala sobre o conflito contemporâneo entre judeus e árabes e se passa numa tensa paisagem marcada por conflitos históricos que atravessam gerações.

14. Toy Boy (no original Toy Boy)

O stripper Hugo Beltrán é acusado e preso por um assassinato que não cometeu - um corpo carbonizado é encontrado em seu barco. Esse é o mote que move a série espanhola Toy Boy.

Ao lado dos amigos dançarinos do bar Inferno e da advogada Triana, Hugo irá tentar provar a sua inocência a qualquer custo desafiando poderosas família locais: os Rojas e os Medina.

A série Toy Boy é um misto de aventura e suspense que promete tirar o fôlego do espectador!

Melhores séries históricas

15. The crown (no original The crown)

A série biográfica histórica se passa durante o reinado da Rainha Elizabeth II e mostra os bastidores da corte: as traições, os romances, as rivalidades, as vinganças, os desafios políticos.

A história se inicia com a rainha - a filha do rei George VI - recém-casada, aos 25 anos, recebendo a notícia de que irá ser líder da monarquia mais reconhecida do planeta.

Assistimos o seu drama pessoal e, ao mesmo tempo, vemos uma fotografia da época dos meandros vividos no Palácio de Buckingham.

The crown, que já está na quarta temporada, recebeu três Globos de Ouro: um como a melhor série dramática e dois de melhor atriz em série dramática (Olivia Colman e Claire Foy).

16. Versailles (no original Versailles)

Versailles

A única série francesa dessa lista é uma ficção histórica passada durante a construção do famoso Palácio de Versalhes.

Vemos a corte de Luís XIV e os bastidores do poder permeado por traições, vinganças e casos de amor.

O rei Luís começa a construir o seu palácio - que irá se tornar dos mais importantes e luxuosos do mundo - aos 28 anos.

Na série, temos ideia da sua personalidade complexa, para se ter uma noção do drama retratado: Luís chegou a ter um caso com a cunhada, Ana, que era casada com o seu irmão Filipe I.

17. Freud (no original Freud)

A série passada em Viena durante o ano de 1886 é uma produção original Netflix e tem como pano de fundo o momento histórico onde as primeiras descobertas do jovem Freud começam a repercutir socialmente.

O protagonista da série é o próprio Freud, um psiquiatra e cientista ambicioso que, com os seus estudos, pretende revolucionar a medicina e o conhecimento sobre os meandros da mente humana.

Apesar de Freud ter sido uma personagem histórica real, a série mistura muitos elementos ficcionais e se centra na resolução de um crime. Freud se aproxima de uma médium e de um inspetor para tentar solucionar homicídios em série que vêm surgindo na capital austríaca.

Melhores séries reality shows

18. The Circle Brasil (no original The Circle Brasil)

A versão brasileira do reality show britânico The Circle é comandado por Giovanna Ewbank e entregou o prêmio de 300 mil reais a um dos participantes no final de março de 2020.

Os integrantes da experiência social ficaram fechados em apartamentos sozinhos e interagiram uns com os outros apenas através de uma rede social chamada Circle.

O espectador acompanhou os flertes, as intrigas e a busca dos participantes para encontrarem quem era o perfil fake que os tentava enganar.

19. Casamento às Cegas (no original Love is Blind)

O reality show lançado em fevereiro de 2020 pretende fazer um experimento social com um grupo de jovens que se dispõe a conhecer um parceiro sem vê-lo e casar num curto espaço de dias.

A ideia é todos encontrarem o amor a partir das conversas que têm, sem deixar que a aparência física influencie a decisão.

A série Casamento às Cegas foi um sucesso de audiência e já foi renovada para mais duas temporadas

20. Marie Kondo: a magia da arrumação (no original Tidying up with Marie Kondo)

A série da guru da organização japonesa Marie Kondo pintou na telinha depois do seu livro best-seller ter ganhado o mundo.

No programa, produzido pela Netflix, Marie Konde visita a casa de clientes que precisam de ajuda com a confusão que criaram e dá dicas de como arrumar os espaços de modo inteligente e otimizado.

A ideia da série é apresentar conselhos práticos para que o espectador possa implementar na sua própria casa.

Conheça também

Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).