13 filmes clássicos inesquecíveis para ver na Netflix


Laura Aidar
Laura Aidar
Arte-educadora, fotógrafa e artista visual

Filmes clássicos são aqueles que entram para a história do cinema, se tornando inesquecíveis e atemporais por várias gerações.

Seja por suas histórias inovadoras ou pela influência que exercem na cultura, essas são produções que geralmente atingiram grande sucesso de bilheteria e permanecem relevantes até os dias atuais.

Assim, selecionamos 13 filmes clássicos memoráveis para você assistir na Netflix.

1. A história oficial (1985)

Cena de filme A história oficial mostra mãe e filha abraçadas

Uma das poucas produções latino-americanas a receber um Oscar é o filme argentino A história Oficial.

Dirigido por Luis Puenzo, se passa na época da ditadura militar argentina e conta sobre Alicia, uma professora de classe média que adota uma criança.

Apenas depois que uma amiga retorna do exílio é que Alicia se dá conta das atrocidades cometidas pelo governo e de que sua filha pode ter sido arrancada dos pais, mortos pelo regime.

O filme teve ótima repercussão, concorrendo e vencendo prêmios em vários festivais. Além disso, se constitui um importante meio de denúncia e questionamento sobre as ditaduras que ocorreram em toda a América Latina.

2. Lado a lado (1998)

Cena de filme Lado a Lado mostra Julia Roberts e Susan Sarandon

Esse drama dirigido por Chris Columbus é uma das referências do cinema hollywoodiano dos anos 90.

Traz as renomadas atrizes Julia Roberts e Susan Sarandon em uma trama que trata de assuntos como a amizade, arrependimentos, perdão, família e força.

Misturando humor a assuntos delicados e com interpretações preciosas, o filme conseguiu cativar o público e se tornar uma história atemporal.

3. Tubarão (1975)

cena de filme Tubarão mostra tubarão de boca aberta

Um clássico suspense dos anos 70 é Tubarão. A direção é de Steven Spierberg e a inspiração é o livro de mesmo nome de Peter Benchley.

A história se passa no litoral dos EUA e mostra um enorme tubarão-branco que está aterrorizando os banhistas.

Assim, as autoridades locais resolvem caçar o animal, o que se revela uma empreitada mais arriscada do que o previsto.

O filme foi um sucesso de bilheteria e se enquadra em um dos mais lucrativos da indústria cinematográfica daquela década.

4. Karate Kid (1984)

Cena de filme Karate Kid

Um dos filmes mais lembrados de artes marciais é Karate Kid, do diretor John G. Avildsen.

Lançado em 1984, trouxe para as telas os ensinamentos de Mestre Miyagi ao treinar o jovem Daniel Sam na arte do caratê.

Daniel havia se mudado com a mãe para o sul da Califórnia e não conseguiu se adaptar, sendo importunado por alguns garotos no lugar.

Assim, ele inicia um processo de aprendizagem de caratê com o sábio mestre, o que vai marcar sua vida para sempre.

O filme teve enorme repercussão e conquistou fãs em todo o mundo, se tornando um clássico.

5. Meu primeiro amor (1991)

Cena de filme Meu primeiro amor mostra menino e menina de bicicleta

O inesquecível Meu primeiro amor (My gilr, originalmente) é um daqueles filmes nostálgicos que permanecem na lembrança de quem viveu a década de 90.

Estrelado por Macaulay Culkin e Anna Chlumsky, tem direção de Howard Zieff.

A trama se passa nos anos 70 e nela acompanhamos a garota Vada entrando na adolescência em meio a conflitos e desafios.

Seu único amigo é Thomas J, um garoto desajeitado e solitário, com quem vive o primeiro amor.

O filme teve boa repercussão, ganhando uma sequência três anos depois de seu lançamento.

6. Sete anos no Tibet (1997)

Cena de filme Sete anos no Tibet

Com Brad Pitt no papel principal, esse é um filme baseado em uma história real dirigido por Jean-Jacques Annaud e lançado em 1997.

O drama inclui aventura e dados históricos e narra a trajetória do montanhista Heirich Harrer durante a tentativa de escalar o Nanga Parbat, um dos mais altos picos do mundo, localizado no Himalaia, na região do Paquistão.

A empreitada fracassou e, por conta de conflitos entre países, ele se tornou um prisioneiro de guerra. Mas Heinrch conseguiu se refugiar no Tibet, onde teve sua vida transformada radicalmente.

A produção foi bem recebida pelo público e crítica, sendo lembrada como uma bela história de superação e aprendizado.

7. Meu amigo Totoro (1988)

Cena de animação japonesa Meu amigo Totoro

Icônica animação japonesa, Meu amigo Totoro, é uma linda produção assinada por Hayao Miyazaki para a Studio Ghibli.

A narrativa é repleta de cenas fantásticas e emocionantes que mostram as irmãs Satsuki e Mei convivendo com espíritos da floresta.

O clássico japonês é uma referência para a cultura pop oriental e também fez sucesso no Ocidente, angariando muitos fãs.

8. A família Addams (1991)

Cena de filme A família Addams mostra todos os integrantes da família

A família Addams é um filme norte-americano de humor sombrio que fez enorme sucesso no início dos anos 90.

Inspirada nos quadrinhos com o mesmo nome produzidos por Charles Addams, a produção foi dirigida por Barry Sonnenfeld.

Teve Angelica Huston como Mortícia Addams, o que lhe rendeu um prêmio de melhor interpretação no Globo de Ouro.

Conta sobre uma família nada convencional com integrantes macabros e cômicos.

A bilheteria do filme foi muito positiva e a repercussão entre o público também, o que faz com que seja um clássico de filmes de comédia com um leve toque de terror.

9. O Expresso da Meia-Noite (1978)

Cena do filme Expresso da Meia-Noite mostra homem sofrido em cela estendendo a mão

Baseado no livro homônimo de William Hayes, essa é uma produção dirigida por Alan Parker. Conta a história real de Billy Hayes, um jovem que é preso no aeroporto de Istambul, na Turquia, por portar haxixe.

Na penitenciária sofre as piores provações, sendo torturado e condenado a 30 anos. Sua única saída seria a fuga.

O filme venceu o Oscar de melhor roteiro e melhor trilha sonora de 1979, além de seis categorias no Globo de Ouro e três no BAFTA.

10. Taxi Driver (1976)

cena de Taxi Driver mostra Robert de Niro com os braços cruzados

Um dos grandes sucessos do ator Robert De Niro é Taxi Driver. Dirigido por Martin Scorsese, o longa norte-americano traz também Judie Foster em um de seus primeiros papéis.

A narrativa percorre a vida de Travis Bickle, um rapaz atormentado que sofre de insônia e decide se tornar taxista. Assim, ele passa as noites dirigindo pelas ruas de Nova Iorque e se depara com a realidade da prostituição e marginalidade.

Um dia, ao levar uma prostituta de 12 anos em seu carro, Travis passa a tentar protegê-la e fazer justiça.

11. Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (1988)

cena de Mulheres à beira de um ataque de nervos mostra 4 mulheres sentadas em um sofá

O cineasta Pedro Almodóvar é um dos maiores ícones do cinema espanhol. Com suas comédias cheias de drama e exageros, ele se consagrou como um grande nome, principalmente nos anos 80.

Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos é inspirado na peça teatral A voz Humana, de Jean Cocteau, de 1930. Conta sobre uma mulher que faz o possível para continuar se relacionando com um homem casado. Enquanto isso, outras mulheres também surgem na trama com seus dilemas.

Bem recebido pelo público e crítica, foi indicado ao Oscar, Globo de Ouro e BAFTA, além de ter sido pemiado em outros festivais importantes.

12. Os Brutos Também Amam (1953)

cena de Os Brutos Também Amam

Esse é um filme no estilo faroeste. Com título original de Shane, o nome do personagem, foi dirigido por George Stevens.

Acompanhamos a trajetória de Shane, um pistoleiro que conhece um garoto e se torna um herói para ele. O misterioso estrangeiro decide defender a família do menino das mãos de um fazendeiro rico e dono de muitas cabeças de gado.

Um clássico western, essa produção ganhou cinco categorias do Oscar de 1954.

13. Ela Quer Tudo (1986)

cena do filme Ela quer tudo mostra mulher negra sentada em uma cama de casal

Spike Lee é um dos cineastas norte-americanos mais importantes de seu tempo. Esse longa dirigido por ele mostra a maneira peculiar com que a jovem artista Nola Darling se relaciona com seus três namorados.

Cada um dos rapazes a satisfaz de uma maneira diferente e ela tem dificuldade de escolher com qual quer ficar.

Uma curiosidade é que um dos namorados é interpretado pelo próprio Spike Lee, que em 2017 dirigiu a segunda versão da história, realizada em formato de série e também disponível na Netflix.

Talvez você também se interesse:

Laura Aidar
Laura Aidar
Arte-educadora, artista visual e fotógrafa. Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.