Filme Rei Arthur: A Lenda da Espada


Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes

O filme de aventura e fantasia, dirigido pelo britânico Guy Ritchie, foi lançado em maio de 2017 e está disponível na plataforma de streaming Netflix.

Trata-se de uma das mais recentes adaptações cinematográficas das lendas do Reino Unido que giram em torno da figura de Rei Arthur. A narrativa segue as suas aventuras desde a infância até à Távola Redonda, revelando seus amigos e inimigos.

Atenção: a partir deste ponto, você vai encontrar spoilers sobre o enredo!

Personagens principais e elenco do filme

Misturando seres humanos e criaturas fantásticas, o longa-metragem apresenta um leque rico de personagens e um elenco de peso.

Rei Arthur (Charlie Hunnam)

Rei Arthur

Arthur é um homem forte e esperto que cresceu órfão e se envolveu em negócios ilegais. No entanto, tudo se altera quando ele consegue retirar Excalibur, a célebre espada, de uma rocha e descobre que é o herdeiro da linhagem Pendragon.

Maga (Àstrid Bergès-Frisbey)

Maga (Àstrid Bergès-Frisbey)

Enviada pelo notório Merlim para ajudar Arthur na sua demanda, o nome da Maga nunca é referido. Algumas interpretações apontam que se trata de Guinevere. Ela é capaz de controlar vários animais e seu contributo para a história é fundamental.

Vortigern (Jude Law)

Vortigern (Jude Law)

O irmão de Uther é dominado pela sede de poder e é capaz de tudo para ocupar o seu lugar. O tirano consegue tomar conta de Camelot, mas muda com o aparecimento de Arthur, o seu sobrinho.

Uther Pendragon (Eric Bana)

Uther Pendragon (Eric Bana)

O rei de Camelot, proprietário da espada Excalibur, é o pai de Arthur. Embora seja um governante justo e corajoso, que o povo adora, ele é vítima de um golpe do irmão.

Morte de Uther e ascensão de Vortigern

O longa-metragem começa por contextualizar a história, contando os acontecimentos que conduziram àquele ponto. Durante muito tempo, seres humanos e indivíduos dotados de poderes mágicos conviviam em paz. Contudo, a ambição do mago Mordred iniciou uma guerra.

Quando o vilão invade o reino de Uther Pendragon, ele consegue resistir e derrotá-lo. No entanto, há um novo ataque durante a noite: o rei e sua esposa são assassinados por uma espécie de demônio.

Uther se despedindo da família

Nessa cena, o filho de ambos, que ainda é uma criança, consegue se esconder num barco e fugir. Ao sucumbir, o corpo de Uther se transforma numa rocha, onde fica cravada a Excalibur, espada que tinha sido presente de Merlim.

É aí que Vortigern começa a ocupar o trono, exibindo comportamentos autoritários e promovendo a escravidão. Numa visita aos esgotos do castelo, ele conversa com três mulheres-serpente sobre o pacto que fez com elas.

Criaturas aquáticas com quem Vortigern fez um pacto

Assim, descobrimos que Vortigern teve que matar a esposa e derramar seu sangue nas águas para alcançar o trono. Mesmo sendo rei, o tirano não consegue se apoderar da espada, já que não é seu verdadeiro herdeiro. A partir daí, ele começa a buscar o sobrinho desaparecido.

Arthur cresce órfão e aprende a lutar

O garotinho viaja de barco e acaba sendo encontrado por um grupo de mulheres e resgatado por elas. Daí em diante, vai viver para o bordel onde trabalhavam e se torna seu protegido.

Crescendo entre o local e as ruas, ele começa a fazer vários trabalhos e a cometer pequenos crimes. Vítima de violência muitas vezes, ele observa os lutadores e os soldados e treina para ficar cada vez mais forte.

Arthur lutando

Quando chega à idade adulta, é um homem bom de briga, que guarda um tesouro considerável e se envolve em negócios proibidos. Enquanto está acordado, ele não lembra do seu passado e nem dos pais. No entanto, durante os sonhos, é assombrado pelas imagens daquela noite trágica.

Vortigern encontra o herdeiro da Excalibur

Quem também não conhece a sua identidade é o tio, que manda chamar todos os jovens da região para tentar puxar a espada da rocha. Embora todos falhem na missão, parte do povo continua acreditando no mito de que "o nascido" regressará.

Depois de se envolver numa confusão, Arthur acaba sendo preso e forçado a realizar o teste.

Arthur retira a espada da rocha

Nesse momento, a terra começa a tremer e o protagonista desmaia. Ao acordar, está preso em uma cela e é interrogado pelo tio, que lhe dá os parabéns por ter "florescido na sarjeta". O jovem, no entanto, se recusa a acreditar, afirmando que nasceu no bordel.

Decidido a terminar com a fama de Arthur, que estava virando lenda entre os locais, Vortigern resolve que vai fazer uma execução pública.

Uma Maga chega para salvar o protagonista

É aí que surge uma figura feminina essencial para a narrativa, cujo nome nunca é revelado. Trata-se uma maga que foi enviada por Merlim para resgatar o herói e prestar auxílio na sua aventura.

Assim que chega, ela vai visitar Bedivere, um membro da resistência, e pede a sua ajuda. Enquanto a multidão aguarda que o prisioneiro seja executado, Vortigern profere um discurso megalômano e a Maga observa de longe.

Maga fazendo feitiço para libertar Arthur

Quando a cabeça do protagonista está prestes a ser cortada, a personagem começa a revirar os olhos, controlando todos os animais que estavam no local.

Entre águias, cavalos e até cachorros enfurecidos, a multidão começa a correr e Arthur é levado pelos companheiros da Maga. Chegando ao refugio deles, ele recebe a Excalibur nas mãos e percebe que a sua vida mudou para sempre.

Jornada até às Terras Sombrias da memória

Perturbado por desmaios e lembranças desconexas, o protagonista não consegue dominar os poderes mágicos da espada. A Maga conclui que, para evoluir, ele precisa enfrentar uma travessia pelas Terras Sombrias.

Sozinho e sem conhecer a região, ele precisa levar a Excalibur até ao topo de uma montanha. No caminho, ele precisa encarar inúmeras ameaças, como dragões e cobras enormes.

Jornada de Arthur nas Terras Sombrias

No entanto, quando é atacado por uma matilha de lobos, Excalibur se ilumina e o protege. Nesse momento, Arthur tem uma visão sobre a morte dos pais e começa a se recordar de tudo.

Agora, Vortigern estava construindo uma torre muito alta e precisava da espada criada por Merlim para aumentar mais o seu poder. Quando regressa, Arthur reúne os velhos e novos companheiros, começando a elaborar um plano para tomar posse do castelo.

Armadilhas e aparição da Dama do Lago

Através das informações de Maggie, que é aia do rei e integra a resistência, o grupo monta uma armadilha para matar Vortigern. Contudo, chegando lá, eles percebem que foi um cenário armado pelo vilão para poder capturá-los.

Após diversos combates violentos, o bando consegue escapar, mas um deles acaba sendo morto. Enquanto isso, o povo começa a se revoltar pelas ruas, combatendo os soldados para defender o herdeiro.

Dama do Lago aparece para devolver a espada

Num momento de dor e revolta pela morte do amigo. Arthur joga a espada nas águas. Logo em seguida, quando mergulha para recuperá-la, ele encontra a Dama do Lago.

Através de uma nova visão, a fada lhe revela um futuro em ruínas que chegará se ele não cumprir o seu dever. Regressando à superfície, o protagonista percebe que chegou a hora da grande batalha.

Confronto final entre Arthur e Vortigern

Quando o rei tirano sequestra um garoto que pertence ao bando de Arthur, o protagonista vai sozinho até ao castelo para resgatá-lo. Do lado de fora, a Maga consegue controlar uma cobra gigante que começa a destruir tudo em redor, mas a criatura acaba sendo morta.

Num gesto desesperado, Vortigern vai buscar uma das filhas e apunhala a jovem, vertendo o seu sangue para as mulheres-serpente. Por causa disso, ele volta a ganhar poderes mágicos e se transformar numa espécie de demônio.

Vortigern faz um novo pacto

Embora os soldados comecem a lutar contra Arthur, muitos são vencidos pela sua espada e o resto acaba se rendendo, ao perceber que aquele é o verdadeiro rei.

Mesmo com a Excalibur iluminada e raios surgindo em volta, o duelo final com o tio é difícil para o herói. Após ter sido atingido por bolas de fogo, ele acaba caindo no chão e desmaiando. Aí, ele relembra toda a cena da morte do pai, confirmando que foi Vortigern que o assassinou.

Arthur com os seus poderes

É então que a figura de Uther surge na sua mente, se dirigindo ao filho e falando que a espada é sua por direito. Quando o protagonista se ergue, sua expressão muda: ele aprendeu a controlar a Excalibur.

Nesse momento, ele derrota Vertigern, fazendo um discurso sobre a sua jornada. Arthur explica que a sua motivação surgiu do local onde o tio o colocou. Se despedindo do homem que se desfaz em cinzas, ele beija a mão do rei traidor e lhe diz:

Você me criou. E por isso eu te abençoo.

Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda

Assim que o protagonista derrota Vortigern, a torre erguida pelo vilão começa a entrar em derrocada. Em seguida, percebemos que algum tempo passou e Arthur já está assumiu o trono.

Quando recebe a visita dos vikings, antigos parceiros de negócio do tio, ele fala que aboliu a escravidão e que tudo mudou por ali: "Você está se dirigindo à Inglaterra…".

Cena final do filme.

No começo do seu reinado, vemos que o herói está construindo uma enorme mesa, que será a futura Távola Redonda. Em torno dela, estão posicionados os parceiros de Arthur, que são nomeados cavaleiros.

Já na cena final, Arthur levanta a Excalibur diante de uma multidão gigantesca que clama por ele.

Principais temas e características do filme

Como um homem se transforma num herói

O filme épico narra o percurso que antecedeu à criação do herói, acompanhando sua história de superação e os inúmeros obstáculos que precisou enfrentar pelo caminho. Primeiro Arthur é uma criança inocente, depois um bandido esperto e, finalmente, um rei lendário.

Deste modo, o caminho solitário que ele faz através das Terras Sombrias ganha um duplo significado. Por um lado, representa uma viagem pelas memórias e os traumas que reprimiu, necessária para poder se libertar do medo.

Por outro, é uma metáfora para a jornada psicológica que o levou à vitória, aprendendo com as provações e o sofrimento. Na conversa final com Vortigern, o protagonista reconhece que a força que o move surgiu exatamente por causa das dificuldades que passou.

Luta de humanos e magos entre o bem e o mal

Mostrando o lado pior da humanidade (inveja, traição, poder que corrompe), a narrativa também traz um contraponto: valores como resistência e lealdade. Durante as piores e as melhores fases, Arthur sempre está rodeado de amigos fieis que são essenciais para o seu sucesso.

Essa dualidade entre o positivo e o negativo, o bem e o mal, também está presente na forma como o universo mágico é representado. Aqui, os dons sobrenaturais são encarados como uma forma de instaurar o caos, mas também de restaurar a ordem.

Podemos até encontrar paralelos entre as forças que se antagonizam: a maldade de Vortigern é alimentada pelas mulheres-serpente, mas a coragem de Arthur é restaurada pelas palavras da Dama do Lago. Como a Maga resume, com suas palavras certeiras:

Onde há um veneno, existe um antídoto.

Algumas características marcantes do filme

Rei Arthur: A Lenda da Espada é uma mistura impressionante de referências antigas e modernas: inspirado na história lendária de Arthur, ele também se assemelha a obras épicas de fantasia bastante queridas pelo público, como Guerra dos Tronos.

No entanto, o longa nos oferece muito mais que isso: em alguns momentos, ele é um verdadeiro filme de ação, com inúmeras lutas de espadas e corpo a corpo. Já a forma não-linear como o tempo é representado, com diversos flashbacks e pormenores novos que vão surgindo na narrativa, por vezes assume um tom de mistério.

Precisamos ainda referir que, mesmo falando do Rei Arthur, Guy Ritchie não se afasta totalmente do seu estilo habitual. Na cena em que Vortigern interroga o protagonista pela primeira vez, podemos vislumbrar o ritmo acelerado dos filmes policiais do diretor.

Seu humor também marca presença: é difícil não rir quando vemos Arthur entrando nas Terras Sombrias com confiança extrema e mostrar o seu lado mais falível, através de tropeções, quedas e gritos de medo.

Ficha técnica completa do filme

Título King Arthur: Legend of the Sword (original)
Rei Arthur: A Lenda da Espada (no Brasil)
Ano da produção

2017

Direção Guy Ritchie
Lançamento maio de 2017
Duração

126 minutos

Gênero Épico, Aventura, Ação, Fantasia
País de origem Estados Unidos da América

Outras adaptações para o cinema

As lendas do Rei Arthur, seus companheiros leais e todos os seres fantásticos desse universo já foram adaptadas para o cinema inúmeras vezes. Alguns dos títulos mais famosos são:

  • A Espada Era a Lei (1963)
  • Monty Python - Em Busca do Cálice Sagrado (1975)
  • Excalibur (1981)
  • As Brumas de Avalon (2001)
  • Rei Arthur - A Volta de Excalibur (2017)

Aproveite para ver também: Os maiores livros de fantasia de todos os tempos

Atualizado em
Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes e licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.