Euphoria: entenda a série e os personagens


Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes
Publicado em

A série norte-americana de drama, voltada para o público mais jovem, foi lançada em 2019 pela emissora HBO. Criado por Sam Levinson, o enredo foi baseado numa produção televisiva israelense que tinha o mesmo nome.

Euphoria segue um grupo de adolescentes que frequentam o ensino médio e estão passando por fases estranhas das suas vidas. Um dos grandes sucessos dos últimos tempos, a história espelha as angústias das novas gerações e também os perigos a que elas estão sujeitas.

Atenção: a partir deste ponto, você vai encontrar spoilers!

Personagens principais e elenco

Rue Bennett (Zendaya)

Rue Bennett (Zendaya)

A protagonista é uma adolescente que está tentando vencer o seu vício em substâncias ilícitas. Após sair de um tratamento de reabilitação, ela tem uma recaída quase imediata, mas tentar esconder de todo mundo, incluindo do seu grupo de apoio.

Com problemas de saúde mental desde a infância, a jovem tem dificuldades em regressar ao seu mundo habitual, lutando para permanecer sóbria. É nessa altura que conhece Jules e, aos poucos, começa uma relação amorosa com ela. As duas combinam viajar juntas para fora da cidade, mas Rue desiste e acaba ficando em casa, onde recai novamente e tem alucinações.

Jules Vaughn (Hunter Schafer)

Jules Vaughn (Hunter Schafer)

Jules é uma adolescente trans que se muda para aquela região e se envolve com um homem mais velho. Mais tarde é revelado que aquele homem é pai de Nate, quando o seu filho descobre o caso e passa a ameaça-la. O atleta chega a criar um perfil falso para fazer chantagem, afirmando que vai divulgar as suas fotos íntimas, caso a moça conte para alguém o que aconteceu.

No passado, antes de iniciar a transição, ela sofreu uma depressão e chegou a se machucar, sendo internada em seguida. Numa festa, conhece Rue e passa a ajudá-la a se manter sóbria, começando a desenvolver uma ligação forte com ela. Depois de se relacionar com outra garota, Anne, chega à conclusão que está apaixonada pelas duas.

Após confessar os seus sentimentos, combina uma viagem com Rue, para fora da cidade, mas acaba partindo sozinha quando a companheira não aparece.

Nate Jacobs (Jacob Elordi)

Nate Jacobs (Jacob Elordi)

Nate é um jovem atleta que exibe comportamentos violentos ao longo da série, principalmente com Maddy, a sua namorada. Embora se esforce para agradar o pai, fica sempre aquém das suas expectativas e nunca consegue impressioná-lo.

Quando descobre a vida secreta de Cal, que se envolve com pessoas mais novas que conhece na internet, seus sentimentos de raiva, insegurança e frustração se ampliam cada vez mais. A partir daí, persegue e ameaça Jules, chegando a usar um perfil falso para se aproximar dela. No final, continua sendo alvo das críticas do pai e acaba tendo um surto na sua frente.

Maddy Perez (Alexa Demie)

Maddy Perez (Alexa Demie)

Maddy é a namorada de Nate, com quem tem uma relação atribulada e inconstante. Em vários momentos, é alvo dos seus abusos, mas não consegue se afastar. Numa noite em que estão separados, ela se envolve com Tyler, durante uma festa, para se vingar do companheiro. No entanto, mais tarde se arrepende e alega que estava inconsciente quando tudo aconteceu.

Embora tente esconder as marcas da violência de Nate, elas são descobertas e o caso começa a ser investigado. Remexendo nas suas coisas, ela encontra as imagens íntimas de Cal e Jules, descobrindo o segredo do companheiro. Depois de muitas brigas, ambos decidem se separar.

Fez (Angus Cloud)

Fez (Angus Cloud)

Fez é um traficante daquela região e conhece Rue, que tem sido sua "cliente" ao longos dos anos. Na verdade, embora sejam amigos, ela o culpa pela sua dependência. Assim, ele decide que não vai vender mais nada para a protagonista.

A pedido dela, defende Jules quando ela é confrontada por Nate. Por causa disso, o atleta decide denunciá-lo à polícia e Fez tem que se livrar de toda a sua mercadoria ilegal. Daí em diante, fica em dívida com os seus fornecedores e resolve fazer um assalto para recuperar o dinheiro que perdeu.

Chris McKay (Algee Smith)

Chris McKay (Algee Smith)

McKay é um atleta cuja vida se altera quando entra para a universidade, porque começa a ter dificuldade em se adaptar. Embora o seu pai espere um futuro de sucesso no esporte, ele percebe que não irá conseguir se tornar um jogador profissional.

Namorado de Cassie, ele se recusa a assumir o relacionamento, devido à imagem pública dela. Assim, a união dos dois passa por diversos sobressaltos ao longo da narrativa. Durante uma suposta iniciação na fraternidade universitária, Chris é abusado violentamente pelos seus colegas. Logo depois, ainda em choque e fúria, acaba sendo agressivo com a companheira num momento de intimidade.

Cassie Howard (Sydney Sweeney)

Cassie Howard (Sydney Sweeney)

Cassie, a namorada de McKay, é uma jovem apontada pela sua vida íntima e pelo seu passado. Após um divórcio traumático, viu o pai consumindo drogas e abandonando a família. A partir daí, ela desenvolveu carências afetivas e passou por vários relacionamentos abusivos.

Depois da noite em que é atacada pelo próprio parceiro, ela descobre que está grávida. O namorado não quer o filho e, com o apoio da família, Cassie escolhe interromper a gravidez.

Kat Hernandez (Barbie Ferreira)

Lexi Howard (Maude Apatow)

Kat é uma jovem que, no passado, começou a engordar e foi discriminada por isso, sendo até abandonada pelo namorado da época. A partir daí, passa a enfrentar os estereótipos sobre o peso, batalhando para se empoderar e viver com o seu corpo numa sociedade com padrões de beleza restritivos.

Durante uma festa, ela perde a virgindade, mas o ato é filmado sem o seu consentimento e passa a circular na internet. Por causa dessa exposição indesejada, ela resolve ganhar dinheiro produzindo conteúdos explícitos.

Análise de Euphoria e temas principais

Mesmo causando choque e controvérsia, a série norte-americana ganhou a crítica e o público, traçando um panorama dramático e sufocante da vida destes adolescentes. Com cores fortes, figurinos marcantes e músicas icônicas, apela à juventude como um tempo vibrante e caótico.

Podemos mesmo afirmar que uma das temáticas que mais se destacam na narrativa é a adolescência (e suas intensidades desmedidas). Nessa fase que marca a descoberta do mundo e da nossa identidade, a passagem entre criança e adulto pode ser uma jornada difícil.

Imagem roxa, com Rue sorrindo, usando uma maquiagem de purpurina que simula lágrimas debaixo dos olhos

Quase todos os episódios se iniciam com uma retrospectiva do passado dos personagens, através das quais podemos vislumbrar suas histórias e compreender como chegaram ao ponto em que se encontram.

Além de acompanhar as emoções destas figuras, Euphoria também se preocupa em mostrar seus desejos, seus sonhos, suas buscas e experiências individuais.

Vícios, traumas e comportamentos de risco

Os percursos destes personagens são repletos de excessos, com festas e consumo de álcool, assim como de substâncias ilícitas. Mais do que o uso recreativo das mesmas, a história retrata a dependência e o mundo do tráfico, mostrando os perigos desse caminho.

Embora vários façam experimentações, apenas a protagonista fica viciada e precisa de tratamento. A família de Rue descobre a sua doença quando a garota tem apenas 17 anos e é encontrada sem consciência, sendo internada em seguida.

Rue na rua, chorando, de noite.

Após o período que passa numa clínica, ela tem que regressar à sua realidade e precisa ter força para resistir às tentações de antes. Ao longo da temporada, assistimos às recaídas da adolescente que acaba fraquejando em momentos de grande tristeza ou tensão.

Segundo declarações em entrevistas, Sam Levinson terá se inspirado na sua própria juventude para criar o enredo, já que ele foi dependente químico durante alguns anos.

A série também traz visibilidade para outras questões complexas como traumas familiares, abandono parental, problemas de saúde mental, assédio, violência, relações tóxicas, discriminação e julgamentos sociais.

Relacionamentos difíceis e ligações frágeis

Em várias passagens, os personagens ecoam sentimentos de solidão e angústia, dominados pela impressão de estarem perdidos e sem rumo. Apesar de suas diferenças, todos enfrentam dificuldades e precisam encontrar formas de lidar com suas dores.

Vivendo as paixões, as amizades e os sofrimentos de um jeito extremo, estes jovens criam relações muito intensas. Contudo, essas ligações se revelam bastante frágeis e, por vezes, acabam se rompendo sem grande explicação.

Jules e Rue deitadas, de mãos dadas

Um exemplo evidente é a união de Rue e Jules. Inicialmente amigas, elas se apaixonam e começam a viver um romance cheio de obstáculos. Embora gostem uma da outra, são inúmeros os problemas que as perseguem e afastam.

Por outro lado, Maddy e Cassie são vitimizadas pelos namorados, que procuram descarregar nelas suas raivas e frustrações. Já Kat é traída pelo garoto com quem se envolve, vendo a sua privacidade exposta através de um vídeo que foi gravado sem o seu consentimento.

Diversidade e retrato de uma geração

Ao contrário das séries que fizeram sucesso durante décadas, Euphoria traz um leque múltiplo de personagens que representam vários quadrantes da sociedade contemporânea.

Entre eles, estão representadas diversas orientações sexuais e identidades de gênero, assim como inúmeras formas de ser e estar na vida. Além disso, podemos enxergar os preconceitos que essas figuras enfrentam apenas por desafiar as normas sociais mais conservadoras.

Maddy e Kat, de óculos escuros, no corredor da escola

Em suma, estamos perante um retrato da Geração Z, que compreende os jovens nascidos entre 1995 e 2010. Na série, podemos assistir às novas ameaças do seu tempo, como a exposição na internet e os perfis falsos online.

Porém, a história não esquece de fenômenos antigos que infelizmente permanecem entre nós, como a violência no namoro e o assédio sexual. Com uma narrativa honesta, a série dá voz a inúmeros temas que são cada vez mais relevantes na realidade atual.

Episódios especiais

Além dos oito episódios que integram a primeira temporada, Euphoria também contou com dois episódios especiais, lançados em dezembro de 2020 e janeiro de 2021.

No primeiro, passado na véspera de Natal, Rue acaba confessando a recaída para Ali, um companheiro dos Narcóticos Anônimos, contando também a culpa que sente por causa dos seus pais.

Já no segundo, que começa nessa mesma noite, podemos assistir a uma sessão de terapia de Jules, onde descobrimos que a sua mãe sofre do mesmo problema que Rue e está no hospital por isso.

Assim, conseguimos entender que aquele relacionamento, para a jovem, implicava reviver um trauma. Pouco depois, as duas se reencontram e pedem desculpa uma à outra, mas se separam de novo.

Segunda temporada da série

A segunda temporada de Euphoria começou a ser gravada em março de 2020, mas sofreu alguns atrasos, por conta do cenário de pandemia mundial. Atualmente, o seu lançamento está previsto para o final de 2021.

De acordo com algumas declarações do próprio elenco, esta nova temporada também estará repleta de cenas duras e explorará com mais profundidade o laço que une Rue e Jules.

Ficha técnica completa e cartaz

Título Euphoria
Ano de produção 2019
Dirigido por Sam Levinson
Augustine Frizzell
Jennifer Morrison
Pippa Bianco
Lançamento 16 de junho de 2019
Duração 496 minutos
Classificação Maiores de 18 anos
Gênero Drama adolescente
País de origem Estados Unidos da América
Distribuidora HBO

Cartaz promocional da série Euphoria, com Rue (Zendaya) com uma lágrima feita de glitter

Aproveite para ver também:

Carolina Marcello
Carolina Marcello
Mestre em Estudos Literários, Culturais e Interartes e licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.