8 principais obras do arquiteto Oscar Niemeyer


Laura Aidar
Laura Aidar
Arte-educadora e artista visual

As obras do arquiteto modernista Oscar Niemeyer (1907-2012) são conhecidas pelas suas formas inovadoras e curvilíneas.

Além disso, elas têm a capacidade de unir a estrutura arquitetônica ao urbanismo, integrando o concreto à vida cotidiana das cidades.

Niemeyer, nascido no Rio de Janeiro, realizou diversos projetos no Brasil e no exterior, mas foi em Brasília que ergueu suas obras de maior destaque.

1. Congresso Nacional, em Brasília

O edifício do Congresso Nacional é um mais conhecidos do povo brasileiro, pois é onde ocorre o exercício do poder legislativo no país. Por isso, a imagem dessa emblemática construção está constantemente nos noticiários que tratam da política do Brasil.

congresso nacional arquitetura niemeyer

Junto com Lúcio Costa, Niemeyer foi escolhido para realizar o projeto da cidade que seria a nova capital do país.

Assim, elabora uma estrutura simples e ao mesmo tempo sofisticada para ser a sede do Congresso Nacional.

São duas torres iguais, dispostas paralelamente, nas quais não é possível ver as janelas. Há ainda duas cúpulas, colocadas ao lado dos prédios, sendo que uma dessas estruturas está invertida.

A obra arquitetônica pode ser vista de longe e constitui para a cidade um monumento e um símbolo. Sua inauguração ocorreu durante o governo de Juscelino Kubitschek, em 1960.

2. Catedral de Brasília, em Brasília

Outra construção do Niemeyer que também está na capital do país é a Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida (Catedral de Brasília).

catedral de Brasília, de Niemeyer

Finalizada em 1970, a obra tem estilo modernista, na qual dezesseis colunas brancas em formato de bumerangue estão dispostas em círculo e se apoiam umas nas outras. Entre tais colunas há peças em fibras de vidro, constituindo enormes vitrais.

Independente do ângulo que se observe, a estrutura é vista da mesma maneira. A igreja, que está um nível abaixo, tem capacidade de abrigar 4 mil pessoas.

A obra é tão inovadora que por sua causa o arquiteto recebeu o Prêmio Pritzker, em 1988, o maior prêmio de arquitetura do mundo.

3. Ibirapuera, em São Paulo

Grande centro de lazer, esporte, cultura e descanso da cidade de São Paulo, o Parque Ibirapuera foi uma encomenda do governador Lucas Nogueira Garcez, em 1951, mas foi inaugurado em 1954.

O intuito era de se tornar um marco cultural na capital do estado de São Paulo, o que de fato ocorreu.

Oca, no Ibirapuera
Oca, no Parque Ibirapuera

São cinco prédios que se interligam através de uma marquise curvilínea que integra também a área verde do parque.

A construção mais notável desse complexo é a Oca, o Pavilhão de Exposições. Trata-se de uma estrutura circular em formato de cúpula que apresenta trinta janelas redondas, o que permite que a luz do sol ilumine seu interior.

4. Edifício Copan, em São Paulo

Construído no centro de São Paulo, na Avenida Ipiranga, o enorme Edifício Copan se destaca na paisagem urbana da metrópole. Isso porque é uma estrutura sinuosa em formato de onda que contrasta com a verticalidade dos demais prédios ao seu redor.

Edifício Copan, de Niemeyer

Assim, o Copan contribui para trazer um pouco de leveza e movimento para a vista dos paulistanos.

Elaborado na década de 50, o prédio só foi inaugurado em 1966, devido a problemas burocráticos e financeiros. Quem encomendou a obra foi a Companhia Pan-Americana de Hotéis, e por isso foi initulado “Copan”, que é a abreviatura do nome da companhia.

O projeto é inovador, pois além de apresentar um caráter estético moderno e ondulante, busca uma integração com a vida cotidiana, pois na parte térrea há uma marquise que foi projetada para ser um centro de comércio e cultura e abrigar restaurantes, lojas e um cinema (onde funciona hoje uma igreja evangélica).

5. Memorial da América Latina, em São Paulo

O Memorial da América Latina é outra obra famosa de Oscar Niemeyer. O edifício está localizado na Barra Funda, em São Paulo, e seu conceito contou com a contribuição do antropólogo Darcy Ribeiro, sendo realizado com o intuito de ser um espaço de integração, acolhimento e difusão de conhecimentos sobre os países latino-americanos. Foi inaugurado em 1989 e pertence à Secretaria de Estado da Cultura.

memorial da américa latina

O conjunto conta com sete prédios dispostos em duas praças interligadas por uma passarela.

As estruturas possuem as características linhas sinuosas de Niemeyer, mas nesse projeto o que se destaca é uma escultura de concreto com o formato de mão, onde vemos em vermelho o mapa da América Latina. Podemos relacionar o vermelho que escorre da mão faz à famosa obra literária de Eduardo Galeano, As veias abertas da América Latina.

6. Conjunto da Pampulha, em Belo Horizonte

Obra realizada nos anos 40 e inaugurada em 1943, o Conjunto da Pampulha foi uma encomenda do então prefeito Juscelino Kubitschek, que buscava modernizar Belo Horizonte.

conjunto da pampulha

Consiste em um centro de lazer com Igreja e espaço de entretenimento.

A Igreja de São Francisco de Assis, mostrada na imagem, integra o conjunto e apresenta grande inovação na arquitetura brasileira, sobretudo em se tratando de uma construção religiosa.

A obra traz a curva como grande elemento, que se tornou a marca registrada do arquiteto. A ideia foi reproduzir em concreto armado as montanhas mineiras, o que na época gerou certa resistência da população conservadora, acostumada com as construções de igrejas mais imponentes e robustas.

7. Museu de Arte Contemporânea, em Niterói

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói, também chamado de MAC, é uma dessas construções impossíveis de passar despercebida.

museu de arte contemporânea de Niterói

Erguida no Mirante da Boa Viagem, a obra tem formato de nave e se integra ao mar e montanhas, permitindo a contemplação da bela paisagem da Baía de Guanabara.

Inaugurado em 1966, o museu conta com um grande acervo de obras de arte contemporâneas, sendo ele mesmo uma obra-prima que tornou-se o cartão postal da cidade.

Segundo Niemeyer, a explicação para o projeto é:

Eu não queria um museu de vidro, mas uma grande sala de exposições rodeada por paredes retas e por uma galeria que protege e permite que os visitantes façam uma pausa de vez em quando para apreciar a bela vista.

8. Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba

Uma das obras mais inusitadas e ousadas do famoso arquiteto é o Museu que leva seu nome. O projeto foi inaugurado em 2002 em Curitiba, capital do Paraná, e se tornou um ícone da cidade.

museu oscar niemeyer

A obra é inovadora, pois trata-se de uma edificação em formato de olho feita em concreto e vidro, o que justifica ser conhecida por “Museu do Olho”.

Abriga um grande acervo de obras de arte, sendo referência no Brasil e exterior como instituição cultural. Também comporta documentos históricos de Oscar Niemeyer.

Você também pode se interessar:

Laura Aidar
Laura Aidar
Arte-educadora, artista visual e fotógrafa. Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.