Livro Os miseráveis, de Victor Hugo


Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura

Os miseráveis (no original Les Misérables) foi uma obra-prima publicada pelo autor francês Victor Hugo no ano de 1862. Celebrado como um clássico que venceu o tempo, o texto transcendeu as páginas do livro e foi adaptado inúmeras vezes para o cinema e para o teatro.

Resumo do livro

A história é passada na França durante o século XIX, os cenários são descritos com extrema riqueza de detalhes. O protagonista, Jean Valjean, é um homem comum que se vê obrigado a alimentar a sua família faminta e, para tanto, rouba um pão da vitrine de uma padaria. O jovem é condenado a cinco anos de prisão por furto e arrombamento.

O passado do rapaz era trágico: Jean ficou órfão de pai e de mãe quando ainda era criança, tendo sido criado por uma irmã mais velha que já tinha sete filhos. Assim que a irmã fica viúva, o irmão torna-se o arrimo da família.

Como tenta inúmeras vezes fugir da prisão e tem um notável histórico de mau comportamento, Valjean é condenado a trabalhos forçados por dezenove anos.

Ao deixar a prisão, é rejeitado por onde passa pois todos o temem devido ao seu passado violento. Jean é expulso de hospedarias e rejeitado em casas particulares quando toca a campainha. Por fim, é abrigado por um bispo, um homem generoso que o acolhe.

Valjean, porém, decepciona aquele que o acolheu após roubar castiçais e talheres. Quando é capturado pela polícia, no entanto, recebe o perdão do bispo, que mente para as autoridades ao afirmar que havia dado os objetos de presente para o antigo prisioneiro. A partir desse momento, Valjean resolve mudar de vida, passando a ser um homem honesto e de bem.

O antigo delinquente muda de identidade e torna-se dono de uma fábrica na Alemanha, onde ninguém conhece o seu passado obscuro. Apesar de ter conseguido construir um novo destino, Valjean vive assombrado pela possibilidade de ser reconhecido. O inspetor Javert, um sujeito aficcionado pela justiça, anda a sua procura durante diversos anos.

Na fábrica, Valjean conhece a pobre Fantine, uma moça que engravidou de um estudante e foi abandonada. A jovem resolve dar à luz a Cosette, mas precisa deixá-la sob os cuidados dos Thenadièrs. Com o salário que recebia na fábrica enviava mensalmente uma mesada para a menina, sem saber que os responsáveis por cuidar dela a agrediam.

Quando o supervisor da fábrica descobre o passado de Fantine, demite a moça. Diante de tal cenário, a jovem vê-se obrigada a vender os próprios cabelos, os dentes, e chega a se prostituir. Valjean, quando fica a par da história, decide adotar a menina Cosette e criá-la como filha.

Cosette cresce e casa-se com o jovem idealista Marius. Quando Valjean morre, a filha adotiva manda gravar em seu túmulo a seguinte homenagem:

Dorme. Viveu na terra em luta contra a sorte
Mal seu anjo voou, pediu refúgio à morte
O caso aconteceu por essa lei sombria
Que faz que a noite chegue, apenas foge o dia!

Sobre a publicação

O autor francês Victor Hugo começou a rascunhar a obra em 1846, mas interrompeu a escrita em 1848. Três anos depois voltou a redigir e trabalhou em novos capítulos e detalhes que ainda precisavam de lapidação. No dia 3 de abril de 1862, a obra Les miserables foi publicada.

Assim que foi lançado, o livro foi um sucesso de público. Em apenas um dia foram vendidos mais de 7 mil exemplares apenas no país do autor. Rapidamente a obra foi sendo traduzida e divulgada em outros países, transcendendo inclusive os muros da Europa.

O lançamento foi organizado e compreendeu oito cidades que fizeram a publicação em simultâneo: Leipzig (Alemanhã), Bruxelas, Budapeste, Milão, Roterdã, Varsóvia, Rio de Janeiro e Paris.

Primeira edição
Primeira edição norte americana da obra de Victor Hugo. Lançada pela editora Carleton no ano de 1862.

Estrutura da obra

A extensa narrativa de Victor Hugo é dividida em cinco volumes, são eles:

Volume 1 – Fantine
Volume 2 – Cosette
Volume 3 – Marius
Volume 4 – Idílio da Rua Plumet e epopeia na Rua de S.Diniz
Volume 5 – Jean Valjean

Leitura na íntegra

Leia Os Miseráveis em português do Brasil gratuitamente, em formato PDF.

Filme Les Misérables, 2012

O livro de Victor Hugo já foi diversas vezes adaptado para o cinema e para o teatro - estima-se que tenham sido mais de 50 produções inspiradas no clássico francês. A mais famosa adaptação cinematográfica foi realizada pelo diretor Tom Hooper, em 2012.

Confira o trailer oficial do filme:

Elenco principal da adaptação de Tom Hooper

  • Hugh Jackman como Jean Valjean

Hugh

  • Russell Crowe como o Inspetor Javert

Russel

  • Anne Hathaway como Fantine

Anne

  • Amanda Seyfried como Cosette, filha de Fantine

Amanda

Prêmios conquistados

Os miseráveis não foi apenas um grande sucesso de público, o filme também agradou a crítica. A produção foi destaque dos prêmios Óscar, BAFTA e Globo de Ouro.

Em relação ao Óscar, recebeu as seguintes indicações: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (Anne Hathaway), Melhor Ator Principal (Hugh Jackman), Melhor Mixagem de Som, Melhor Maquiagem, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Canção Original.

O filme levou 3 estatuetas: Melhor Atriz Coadjuvante (Anne Hathaway), Melhor Mixagem de Som e Melhor Maquiagem (Lisa Westcott).

A produção arrebatou também quatro prêmios BAFTA nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Som, Melhor Maquiagem e Cabelo e Melhor Design de Produção.

Além dos Óscares e dos BAFTA, Os Miseráveis venceu três Globos de Ouro (Melhor Filme - Comédia ou Musical, Melhor Ator - Comédia ou Musical, Melhor Atriz Coadjuvante - Cinema).

Anne Hathaway

Musical da Broadway

O musical baseado no livro de Victor Hugo foi encenado pela primeira vez na Broadway no ano de 1987. É considerado o quarto musical que mais tempo esteve em cartaz na história de Nova Iorque. Les Misérables é uma das peças mais populares do mundo, tendo estreado pela primeira vez em outubro de 1985, em Londres (no teatro Barbican).

A mais nova montagem da Broadway - apresentada no teatro Shubert - estreou em março de 2004, sob supervisão do produtor Cameron Mackintosh.

Peça Les Miserables, encenada em Nova Iorque.
Peça Les Miserables, encenada em Nova Iorque.

Sobre o autor Victor Hugo

Nascido no dia 26 de fevereiro de 1802, em Besançon, França, Victor Hugo foi criado praticamente fora da França por conta das viagens do pai. O escritor nasceu no berço de uma família ilustre, o pai, Conde Joseph Léopold-Sigisbert Hugo, era general de Napoleão.

Victor Hugo desenvolveu suas habilidades como escritor e chegou a ser líder do movimento romântico na França. Escreveu, em 1831, O Corcunda de Notre Dame (intitulado originalmente de Notre Dame de Paris) tendo tido imenso sucesso ajudando-o a alcançar uma vaga na célebre Academia Francesa, em 1841.

Foi também político, a favor da democracia liberal. Atuou como deputado na Segunda República, em 1848. Foi exilado e viveu muitos anos fora de Paris, voltou a França apenas em 1870. Foi eleito para a Assembleia Nacional e para o Senado.

Quando faleceu, no dia 22 de maio de 1885, aos oitenta e três anos, teve o corpo exposto diversos dias sob o Arco do Triunfo e posteriormente foi enterrado no dia 1º de junho no Panthéon.

Victor Hugo


Conheça também

Rebeca Fuks
Rebeca Fuks
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).