Música I miss you, de Blink-182


A canção I miss you foi um dos maiores sucesso da banda norte-americana Blink-182. É a terceira faixa do CD conhecido como untitled, gravado em 2003.

A composição foi escrita pelos próprios membros do grupo (Tom Delonge, Mark Hoppus e Travis L. Barker) e gravada inteiramente de forma acústica. 

Letra

Hello there, the angel from my nightmare
The shadow in the background of the morgue
The unsuspecting victim of darkness in the valley
We can live like Jack and Sally if we want
Where you can always find me
We'll have Halloween on Christmas
And in the night we'll wish this never ends
We'll wish this never ends
I miss you, I miss you
I miss you, I miss you
Where are you? And I'm so sorry
I cannot sleep
I cannot dream tonight
I need somebody and always
This sick strange darkness
Comes creeping on so haunting every time
And as I stared, I counted
Webs from all the spiders
Catching things and eating their insides
Like indecision to call you
And hear your voice of treason
Will you come home and stop this pain tonight
Stop this pain tonight
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you, I miss you)
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you, I miss you)
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you I miss you)
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you I miss you)
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you I miss you)
Don't waste your time on me you're already
The voice inside my head
(I miss you I miss you)

A letra de I miss you permite múltiplas interpretações. Por um lado, é possível ser lida como uma representação assombrosa do efeito que a depressão pode gerar em um relacionamento subsequente. Por outro lado, a canção também pode ser uma referência a saudade de alguém que partiu.
 

Segundo a explicação do próprio compositor, a música é sobre a vulnerabilidade e sobre a dor no coração que se sente quando se está apaixonado. Sobre quando você tenta dizer para uma garota "não perca tempo vindo falar comigo porque, pelo menos na minha cabeça, você já me ganhou há um bom tempo".

Independente de qual interpretação prefira seguir, uma coisa é certa: a canção é uma declaração de amor de uma criatura apaixonada. A letra pede que seja um amor duradouro, sem fim: 

And in the night we'll wish this never ends
We'll wish this never ends

I miss you é rodeada por uma atmosfera gótica, soturna, típica da banda Blink-182, por sinal, tanto que o clipe é gravado em uma mansão assombrada.

Palavras e expressões pesadas, tenebrosas, por vezes aterrorisantes, são utilizadas na letra, tais como "angel from my nightmare" (anjo do meu pesadelo), "morgue" (necrotério), "nightmare" (pesadelo), "darkness in the valley" (escuridão no vale), "webs from all the spiders" (teias de todas as aranhas), "sick strange darkness" (estranha doente escuridão). Esse salpicar de termos relacionados ao funesto ao longo de toda a música criam o clima sombrio que Blink-182 deseja alcançar.

O sujeito que ganha voz na música declara seu afeto e diz que não pode viver sozinho, desejando sempre a companhia da amada:

I cannot sleep
I cannot dream tonight
I need somebody and always
This sick strange darkness

A amada aqui é tida como alguém que é capaz, de certa forma, de afastar os pesadelos e protegê-lo do medo e da solidão. 

A música, originalmente composta pelos membros da banda Tom Delonge e Mark Hoppus, teve um trecho sugerido por Travis Barker. Foi uma maneira do baterista homenagear a então namorada (e futura esposa) Shanna Moakler. Os versos

we can live like Jack and Sally if we want   
Where you can always find me
We'll have Halloween on Christmas

fazem uma referência ao filme Estranho Mundo de Jack. O casal gostava tanto do filme de Tim Burton que resolveu se casar com uma festa que tinha como tema o longa metragem, inclusive.

O filme O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas), de Tim Burton, é aludido da na música I miss you.
O filme O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas), de Tim Burton, é aludido da na música I miss you.

A canção tem como refrão a frase "I miss you" (Sinto saudades de você), que dá título a música e é repetida a exaustão ao longo dos três minutos e quarenta e sete segundos de duração. 

Tradução

Olá, anjo do meu pesadelo
A sombra no fundo do necrotério
A vítima menos suspeita na escuridão no vale
Podemos viver como Jack e Sally se quisermos
Onde você sempre pode me encontrar
Nós teremos o Dia das Bruxas no Natal
E na noite desejaremos que isto nunca acabe
Desejaremos que isto nunca acabe
Sinto sua falta, sinto sua falta
Sinto sua falta, sinto sua falta
Onde você está? E eu sinto muito
Não consigo dormir
não consigo sonhar esta noite
Eu preciso de alguém e sempre
Esta estranha doente escuridão
Vem rastejando e assombrando o tempo inteiro
E enquanto eu olhava fixamente, eu contava
Teias de todas as aranhas
Pegando coisas e comendo seus interiores
Como a indecisão de te ligar
E ouvir sua voz de traição
Você vai vir para casa e parar esta dor esta noite
Parar esta dor esta noite
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(eu sinto sua falta, sinto sua falta)
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(eu sinto sua falta, sinto sua falta)
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(sinto sua falta, sinto sua falta)
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(sinto sua falta, sinto sua falta)
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(sinto sua falta, sinto sua falta)
Não perca seu tempo comigo você já é
A voz dentro da minha cabeça
(sinto sua falta, sinto sua falta)

Bastidores da criação

Apesar da música ser majoritariamente da autoria de Tom e Mark, eles não compuseram em conjunto. Ambos concordaram sobre o tema e seguiram para salas distintas, tendo sido a composição criada, portanto, por duas partes independentes: uma escrita por Tom e outra por Mark.

A técnica não era uma novidade para os Blink-182, já na composição da canção "Feeling this" havia sido utilizada a mesma estratégia.

A criação "I miss you" foi inspirada na música “The Love Cats”, do The Cure. Mark Hoppus chegou a ter uma banda de cover e já havia tocado essa canção. 

No Brasil, a boa divulgação de "I miss you" também se deveu ao fato da música ter feito parte da trilha sonora da novela Malhação, voltada para o público jovem, exibida pela rede Globo.

A criação dessa canção também foi uma maneira do grupo se rebelar contra o rótulo de pop que haviam colocado na banda: 

“Queríamos fazer algo que fosse um pouco mais obscuro, atmosférico, e acho que as pessoas devem ter se surpreendido com esta música quando a ouviram pela primeira vez.”

Tom DeLonge

Clipe

O clipe de "I miss you" foi filmado no dia 17 de dezembro de 2003 em uma mansão sombria localizada em Los Angeles.

Making of do clipe

Para os fans mais curiosos, a banda Blink-182 divulgou um making of do clipe.

Sobre o álbum

Lançado no dia 18 de novembro de 2003 pela gravadora Geffen Records, o álbum de estúdio dos Blink-182 contém 15 faixas e é o quinto álbum de estúdio realizado pela banda. O produtor responsável pelo trabalho foi Jerry Finn.

Segue abaixo a lista das composições presentes no álbum:

1. Feeling this
2. Obvious
3. I miss you
4. Violence
5. Stockholm syndrome
6. Down
7. The fallen
8. GO
9. Asthenia
10. Always
11. Easy target
12. All of this
13. Here's your letter
14. I'm lost without yoy
15. Anthem part two

Self-Titled (2003)
Capa do CD lançado pelos Blink-182 em 2003.

A banda Blink-182

Formada na Califórnia, nos Estados Unidos, em 1992, a banda de pop/punk inicialmente chamava-se apenas Blink, tendo acrescentado o número 182 para se diferenciar de outro conjunto europeu já existente.

Os integrantes se conheceram nos tempos da escola e começou a tocar muito cedo, o grupo era originalmente composto por Tom Delonge, Mark Hoppus e Scott Raynor.   

Scott acabou saindo da banda por motivos até hoje pouco conhecidos (aponta-se o alcolismo como um dos possíveis problemas) e quem entrou no seu lugar foi Travis Barker.

Tom DeLonge, Travis Barker e Mark Hoppus.
Tom DeLonge, Travis Barker e Mark Hoppus.

A composição se manteve desse modo até janeiro de 2015, quando Tom DeLonge decidiu se afastar do grupo, tendo sido substituído por Matt Skiba. Atualmente, em termos de instrumento, Skiba é responsável pela guitarra, Mark pelo baixo, Travis pela bateria e pela percussão. Os vocais são comandados por Skiba e Mark.

Mark, Skiba e Travis.
Nova composição: Mark, Travis e Skiba.

O auge do grupo aconteceu em 1999 e a banda surfou uma onda de sucesso estrondoso até 2005, quando resolveu interromper a carreira. O hiato durou quatro anos e, em 8 de fevereiro de 2009, os membros do Blink-182 regressaram ao trabalho.

Conheça também